Partido laico vence eleições parlamentares na Tunísia

Partido Nida Tunis deverá buscar o apoio dos partidos pequenos para formar o Executivo

O partido laico Nida Tunis ganhou as eleições parlamentares realizadas no último domingo na Tunísia, ao obter 85 cadeiras de um total de 217, segundo dados oficiais anunciados na noite de quarta-feira.

Segundo a Instância Superior Independiente para as Eleições (ISIE), o partido do governo, o islamita Al-Nahda, ficou, por sua vez, com 69 cadeiras.

O Nida Tunis deverá buscar o apoio dos partidos pequenos para formar o Executivo, já que o sistema eleitoral tunisiano permite a entrada no parlamento de um grande número de partidos com porcentagens de voto pequenas, favorecendo assim a formação de coalizões.

O Nida Tunis surgiu no dia 16 de junho de 2012 com o objetivo de apresentar uma alternativa democrática ao islamismo.

Este foi o segundo pleito realizado na Tunísia desde a revolta de 2011, que deu início a uma onda de protestos em muitos países da região contra governos ditatoriais, que acabou sendo chamada de Primavera Árabe.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.