Países querem zerar novos casos de ebola em 60 dias

Pior surto de ebola da história irrompeu no final de 2013 na Guiné e já matou quase 10 mil pessoas no total

	Profissionais britânicos transferem um recém-internado paciente com ebola para maca, em Freetown
 (Baz Ratner/Reuters)
Profissionais britânicos transferem um recém-internado paciente com ebola para maca, em Freetown (Baz Ratner/Reuters)
D
Da RedaçãoPublicado em 16/02/2015 às 09:23.

Conacri - Guiné, Serra Leoa e Libéria, os três países do oeste africano mais afetados pela epidemia de ebola, estabeleceram a meta de reduzir para zero o número de novos casos da doença em 60 dias, segundo afirmaram nesta segunda-feira.

O pior surto de ebola da história irrompeu no final de 2013 na Guiné e já matou quase 10 mil pessoas no total.

A disseminação do vírus está diminuindo, mas a Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu que se evite qualquer relaxamento, devido a um aumento recente de novos casos.