Mundo

'Memenager': Biden oferece R$ 440 mil para criador de memes para as eleições

Campanha do atual presidente americano está procurando um 'gerente de memes' para as redes sociais

Fernando Olivieri
Fernando Olivieri

Redator na Exame

Publicado em 24 de maio de 2024 às 15h21.

A campanha do Presidente Joe Biden está à procura de um gerente para "conteúdo e páginas de memes, de acordo com informações da Business Insider, para as eleições de 2024 nos Estados Unidos. "A função envolve colaborar com podcasters, empresas de mídia digital e páginas de memes nas redes sociais. Oferecendo um salário anual de até $85.000 (cerca de R$ 437.750), o cargo exige mudança para Wilmington, Delaware.

Aninhado em uma lista de empregos publicados pela campanha de Biden está um com o título: "gerente de parceiros, conteúdo e páginas de memes." A descrição do trabalho diz que a pessoa selecionada irá construir e manter relações com podcasters, empresas de mídia digital e grandes páginas de memes.

Biden quer atingir público jovem

Páginas de memes são incrivelmente populares online, atraindo milhões de visualizações diárias em sites de redes sociais como Instagram e TikTok. Em 2020, a campanha presidencial de Mike Bloomberg fez parceria com FuckJerry, uma página de memes no Instagram que tinha quase 15 milhões de seguidores.

Não está claro quanto a campanha de Michael Bloomberg pagou por postagens na página, mas na época, oferecia uma taxa fixa de $150 (cerca de R$ 772) para influenciadores de mídia social com um público de 1.000 a 100.000 seguidores para criar conteúdo original. A Geração Z é a principal responsável pelas páginas de memes mais populares da internet. Eles também são os maiores consumidores de memes.

Isso é fundamental para Biden, que tem lutado para capturar a atenção dos eleitores mais jovens. Em pesquisas, muitos jovens eleitores disseram não estar cientes dos esforços do presidente para combater a crise climática ou suas outras políticas. E muitos jovens estão insatisfeitos com a forma como Biden está lidando com a guerra em Gaza.

A campanha de Biden está oferecendo um salário anual de até $85.000 (cerca de R$ 437.750) para seu gerente de memes. Parte da responsabilidade incluirá identificar as melhores "oportunidades de engajamento" — páginas com mais seguidores — com as quais a campanha pode trabalhar, diz a postagem.

O trabalho exige de dois a quatro anos de experiência na indústria de vídeo, mídia ou entretenimento, expertise em mídia digital e — crucialmente — uma mudança obrigatória para Wilmington.

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)Eleições EUA 2024Joe Biden

Mais de Mundo

Líderes do G7 criticam decisão da Venezuela de retirar convite a observadores eleitorais da UE

Princesa Kate faz primeira aparição após revelar diagnóstico de câncer

Rússia impõe condições para 'paz negociada' com Ucrânia

Rishi Sunak tenta relativizar pesquisas que o mostram em terceiro lugar nas eleições britânicas

Mais na Exame