Acompanhe:

Fenômenos meteorológicos extremos como secas e inundações fizeram, em 2022, mais de 27 milhões de crianças passarem fome em 12 países que estão entre os mais vulneráveis às mudanças climáticas, anunciou nesta terça-feira, 28, a ONG Save the Children.

O número representa um aumento de 135% com relação a 2021, segundo uma análise de dados publicados pela organização britânica às vésperas da COP28, a conferência da ONU sobre o clima, que começa na quinta-feira em Dubai.

São crianças cerca de metade das 57 milhões de pessoas em situação de crise alimentar em 2022 em 12 países por causa da seca, inundações e outros fenômenos meteorológicos extremos, de acordo com dados do marco integrado de classificação da segurança alimentar (IPC, na sigla em inglês), iniciativa liderada pela ONU e várias ONGs e instituições internacionais.

Aproximadamente metade das 27 milhões de crianças que enfrentam esses níveis de insegurança alimentar vivem na Etiópia e Somália, detalhou a Save the Children.

“À medida que os eventos meteorológicos relacionados ao clima se tornam cada vez mais frequentes e extremos, veremos consequências cada vez mais brutais na vida das crianças”, alertou a diretora geral da organização, Inger Ashing.

A ONG pediu que na COP28 sejam tomadas medidas contra o aquecimento global, reconhecendo os mais jovens como “atores-chave da mudança”, e também ações contra outras causas da insegurança alimentar, como prevenir conflitos e reforçar os sistemas de saúde.

Segundo a Save the Children, em escala global, uma em cada três crianças (774 milhões) vive na pobreza e ao mesmo tempo está exposta a fenômenos climáticos extremos.

Em um relatório publicado na semana passada, a organização indicava que, em 2023, 17,6 milhões de crianças haviam passado fome desde seu nascimento.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Pela primeira vez desde início da guerra, Israel ataca posições do Hezbollah no Leste do Líbano
Mundo

Pela primeira vez desde início da guerra, Israel ataca posições do Hezbollah no Leste do Líbano

Há 10 horas

ONU tem 'preocupações crescentes' sobre capacidade do Irã de produzir arma atômica
Mundo

ONU tem 'preocupações crescentes' sobre capacidade do Irã de produzir arma atômica

Há 10 horas

Na China, BYD se compromete a desenvolver baterias mais seguras para E-Bikes após incêndio
Mundo

Na China, BYD se compromete a desenvolver baterias mais seguras para E-Bikes após incêndio

Há 10 horas

Judaísmo, cristianismo e Estado Laico: entenda divisões religiosas, étnicas e políticas de Israel
Mundo

Judaísmo, cristianismo e Estado Laico: entenda divisões religiosas, étnicas e políticas de Israel

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais