Jacob Zuma nega estado vegetativo de Mandela, diz WSJ

Presidência sul-africana reforça que Mandela está em estado crítico mas estável

São Paulo – O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, negou que o ex-presidente Nelson Mandela esteja em estado vegetativo. A notícia foi passada ao The Wall Street Journal pelo porta-voz do governo sul-africano, que reforçou que o estado de saúde do líder político continua “crítico mas estável”.

O comentário veio em resposta a um suposto documento que afirma que Mandela estaria em estado vegetativo e que a família já estudaria desligar aparelhos, seguindo sugestão dos médicos.

A informação faria parte de um documento judicial apresentado pela família do líder a um tribunal, em meio ao caso de transferência das lápides de três filhos do herói nacional. A notícia foi dada pela agência AFP.

Além da declaração ao Wall Street Journal, nenhum documento oficial ou resposta pública do presidente Zuma foi liberado. Porém, a explicação ao WSJ reforça o documento publicado nesta manhã no site da presidência da África do Sul, que mantém atualizações constantes sobre estado de saúde de Mandela.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.