A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Israel busca frear reconhecimento da Palestina pela comunidade internacional

Estima-se que o Equador se some à Argentina, Brasil, Uruguai e Bolívia entre os países que recentemente reconheceram a Palestina segundo as fronteiras de antes de 1967

Jerusalém - O Ministério de Assuntos Exteriores de Israel pediu a suas delegações no mundo que busquem frear uma campanha empreendida pelos palestinos para obter reconhecimento como Estado soberano perante a comunidade internacional.

A ordem do Ministério pede aos diplomatas israelenses que deem passos "urgentes" para conter essa onda, após saber sobre uma iniciativa da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) de persuadir alguns países da União Europeia (UE) para que elevem a categoria de suas delegações diplomáticas ante o Governo de Ramala.

Em um telegrama confidencial aos encarregados de missões, tal como descreve o diário "Ha'aretz", Rafi Barak, diretor-geral do Ministério, pede uma campanha pública e imediata para se chegar aos chefes de Governo, ministros de Exteriores e Parlamentos de cada país.

O objetivo, segundo o "Ha'aretz", é impedir uma resolução da ONU que reconheça uma eventual declaração unilateral de independência por parte dos palestinos e que pressione Israel a cessar a construção nos assentamentos judaicos em territórios palestinos ocupados.

Estima-se que, nos próximos dias, o Equador se some à Argentina, Brasil, Uruguai e Bolívia entre os países que recentemente reconheceram a Palestina de acordo com as fronteiras de antes de 1967 - quando Israel ocupou partes do território árabe na Guerra dos Seis Dias. EFE

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também