EI considera "estúpida" nova publicação de charge de Maomé

O EI, por meio de um locutor, disse que o "Charlie Hedbo publicou caricaturas que mais uma vez concernem ao profeta"

Beirute - O Estado Islâmico (EI) considerou nesta quarta-feira como "muito estúpida" a publicação de caricaturas de Maomé na nova edição do semanário "Charlie Hedbo", segundo um boletim informativo divulgado pela rádio digital do grupo jihadista.

O EI, por meio de um locutor, disse que o "Charlie Hedbo publicou caricaturas que mais uma vez concernem ao profeta e isto é uma ação muito estúpida".

O semanário francês lançou hoje uma edição especial com uma charge de Maomé chorando com um cartaz afirmando "Je suis Charlie" (Eu sou Charlie) sob a frase "Tout est perdonné" (Tudo está perdoado).

A sede em Paris da publicação foi atacada na quarta-feira passada pelos irmãos Sarif e Chérif Kouachi, que mataram doze pessoas, incluindo seu diretor, Stéphane Charbonnier, o "Charb", e quatro dos caricaturistas mais famosos da França.

O grupo Al Qaeda na Península Arábica (AQPA), com base no Iêmen, assumiu hoje a autoria do ataque.

O EI tem sua origem na Al Qaeda no Iraque, embora enfrente na Síria o braço armado desta organização.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.