Mundo

Biden chama Trump de 'criminoso condenado' após veredito em Nova York

O atual presidente destacou que é a primeira vez na história do país que uma pessoa condenada pela justiça busca a presidência

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 4 de junho de 2024 às 12h27.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou Donald Trump nesta segunda-feira, 3, de "criminoso condenado", após o anúncio do veredito contra o ex-presidente republicano na última quinta-feira em Nova York, em uma ação criminal histórica.

"Pela primeira vez na história americana, um ex-presidente que é um criminoso condenado busca a presidência", disse Biden durante um evento de arrecadação de fundos em Connecticut. "Amigos, a campanha entrou em um território nunca visto antes", acrescentou o democrata, em uma escalada dramática dos ataques contra seu rival antes das eleições de novembro.

Biden ressaltou que os ataques de Trump ao sistema de justiça americano, com o ex-presidente republicano alegando que o caso foi uma fraude, são ainda mais perigosos: "Por mais perturbador que seja, mais prejudicial é o ataque que Donald Trump faz ao sistema de justiça dos Estados Unidos."

O democrata também criticou Trump por sugerir que mandá-lo para a prisão poderia ser "um ponto de ruptura" para seus apoiadores, uma advertência que aumenta a preocupação com a violência política nas eleições de 5 de novembro. "Ele disse que, se perder, haverá um banho de sangue nos Estados Unidos. Que tipo de homem é esse?", questionou.

O único comentário anterior de Biden sobre o veredicto de Trump havia sido de que ninguém estava acima da lei.

 

 

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)Joe BidenDonald Trump

Mais de Mundo

EUA anuncia que vai priorizar entregas de sistemas de defesa aérea Patriot para a Ucrânia

Putin ganha cães de Kim Jong-un durante visita à Coreia do Norte; veja fotos

Ozempic e Wegovy "acabam" com canetas de insulina na África do Sul; entenda

Investimento estrangeiro cai 10% no Brasil em 2023, aponta relatório da ONU

Mais na Exame