Aéreas chinesas se recusam a pagar taxas de emissão à UE

Empresas não querem pagar enhuma taxa sob o Esquema de Comércio de Emissões da União Europeia

Hong Kong - A Associação de Transporte Aéreo da China (Cata, na sigla em inglês), que representa as quatro maiores companhias aéreas do país, entre elas a Air China, disse nesta quarta-feira que as empresas chinesas não pagarão nenhuma taxa sob o Esquema de Comércio de Emissões (ETS, em inglês) da União Europeia.

"A China não vai cooperar com a União Europeia quanto ao ETS. Então, companhias chinesas não vão cobrar mais dos passageiros por causa das taxas de emissão", afirmou o vice-secretário-geral da Cata, Cai Haibo, à Reuters por telefone.

Este ano, a UE começou a cobrar as companhias aéreas pelas emissões de carbono em voos que saem da Europa ou chegam ao continente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.