5 piadas de Barack Obama em um “stand-up” com jornalistas

Em campanha eleitoral, presidente dos EUA brinca com caso de prostituição de funcionários do Serviço Secreto e com o seu principal oponente, o republicano Mitt Romey

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, surpreendeu ao adotar um tom fanfarrão durante um jantar anual promovido com cerca de dois mil jornalistas e celebridades na Casa Branca na noite de sábado.

Ninguém escapou do bom humor do candidato à reeleição, desde o seu principal oponente na corrida eleitoral, o republicano Mitt Romey, até os funcionários do Serviço Secreto, recentemente envolvidos em um escândalo sexual na Colômbia.

Abaixo, as cinco piadas que mais têm sido comentadas após o encontro:

1 - O presidente americano não deixou passar em branco a polêmica sexual em que os funcionários do Serviço Secreto se envolveram na semana passada antes da Cúpula das Américas, em Cartagena (Colômbia). Obama adotou regras mais rígidas para os seguranças da sua equipe.

"Eu tenho muito mais material preparado, mas eu tenho que levar o serviço secreto para casa antes do novo toque de recolher".

2 - Obama também cutucou o Congresso ao se lembrar da divisão da Câmara de Representantes durante a votação de seu plano de criação de empregos nas eleições legislativas de 2010.

"Eu tentei ser civilizado, não aceitar as provocações baratas. E é por isto que eu quero agradecer especialmente todos os congressistas que tiraram um descanso da exaustiva agenda de não aprovar nenhuma lei para estar aqui hoje à noite".

3 – A sua própria secretária de Estado, Hillary Clinton, não foi poupada das alfinetadas. Hillary foi flagrada bastante animada na semana passada em uma boate em Cartagena, Colômbia.

"Quatro anos atrás, eu estava em uma batalha brutal nas primárias com Hillary Clinton. Quatro anos depois, ela não para de enviar mensagens enquanto bebe de Cartagena".

4 – O seu principal rival nas eleições presidenciais, Mitt Romey, foi lembrado por um caso em que ele prendeu o cão da família dentro de um engradado no teto do carro para uma viagem.

Dizendo que previa uma campanha dura, Obama então mostrou no telão imagens do cão da sua família aparentemente maltratado em uma suposta propaganda republicana. “Bo” teria sido mantido preso em um regime de “socialismo para cães no estilo europeu”.

5 – Por fim, o presidente fez piada de si mesmo. O telão do evento exibiu uma foto de Obama sorridente para ilustrar a sua aparência há cerca de quatro anos e, depois, uma recente com ele cabisbaixo e com cabelos brancos. Depois, uma foto de Morgan Freeman. “Em quatro anos estarei parecido com isso”.

Veja abaixo o discurso de Obama. Após vinte minutos de piadas, o presidente fez um discurso sério e com elogios à cobertura realizada pelos jornalistas.

http://www.whitehouse.gov/sites/all/modules/swftools/shared/flash_media_player/player5x2.swf

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.