Consumidores estão mais interessados em comprar do que alugar imóvel

Levantamento do Imovelweb mostra mudanças no comportamento das pessoas e no perfil de buscas por imóveis em São Paulo

Um levantamento feito pelo portal imobiliário Imovelweb identificou algumas mudanças recentes na prioridade de quem busca um novo lugar para morar. Em setembro do ano passado, a maioria das pessoas (47%) optava pelo aluguel, enquanto 53% preferiam a compra. Em setembro deste ano, o cenário mudou. Quem procura por um novo lar na cidade está muito mais interessado agora em comprar (63%) do que alugar (37%) um imóvel.

A alta nos preços de locação pode ter impactado na decisão. Isso porque o valor do aluguel residencial de contratos em andamento, com aniversário em outubro e correção pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) — um dos mais usados para reajustes contratuais — poderá ser reajustado em 17,94%. Essa porcentagem é a soma dos últimos 12 meses, considerando a alta de 4,34% em setembro.

Outra mudança observada pelo Imovelweb foi a busca por locais maiores e com mais dormitórios. Em setembro do ano passado, a procura por imóveis residenciais de quatro ou mais quartos era baixíssima em São Paulo — representava apenas 4,5% do total. Hoje, esse indicador já corresponde a 9,3% das buscas. Já os locais com apenas um dormitório tiveram um declínio, passando de 23%, no ano passado, para 16,8%.

“Antes víamos os usuários interessados em imóveis com ótima localização, pensando muito mais na mobilidade, do que no empreendimento em si”, diz a gerente de marketing do Imovelweb, Angélica Quintela. Hoje, diz ela, os usuários estão procurando imóveis maiores e com mais cômodos. “Eles buscam mais qualidade na moradia, com ambientes adequados e espaço para escritório”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.