A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Pugliesi é julgada pelo Conar por publicidade velada

A regra é clara, mas não evita alguns deslizes de marcas e influencers. A última preocupação do Conar é a blogueira fitness Gabriela Pugliesi

Os "influencers", personalidades influentes nas redes sociais, estão cada vez mais inseridos nas estratégias de divulgação das marcas. Por serem mais acessíveis e contarem com alcances consideráveis, os blogueiros, youtubers e instagrammers tornaram-se uma boa alternativa às estrelas globais.

Dessa forma, é mais do que comum ver estes perfis postarem fotos e vídeos promovendo produtos, o que, segundo o Código de Autorregulamentação Publicitária, deve ser sempre sinalizado como conteúdo publicitário.

A regra é clara, mas não evita alguns deslizes de marcas e influencers. A última preocupação do Conar é a blogueira fitness Gabriela Pugliesi.

Uma postagem (abaixo) no Instagram promovendo um produto da marca Skol gerou a denúncia de quinze consumidoras que a consideraram publicidade velada.

https://www.instagram.com/p/8rHuB2qo8S/

A Ambev argumentou que a postagem se trata de publicidade nativa, resultado do envio de produtos para a blogueira, mas o órgão de regulamentação publicitária chegou à conclusão de que o post se configura, sim, como publicidade velada, exigindo mudanças no texto que deixem claro que o conteúdo se trata de propaganda. Gabriela ainda não se manifestou sobre o assunto.

O Conar ainda ressaltou que há outros itens no post que infringem o Código de Autorregulamentação  Publicitária, como a influência da blogueira sobre menores de idade, uma vez que o produto é uma bebida alcoólica, e a associação do estilo de vida saudável com o álcool.

Essa não é a primeira vez que blogueira se envolve em problemas acerca de publicidade velada. Em 2014, o Conar julgou o blog de Gabriela, Tips4Life, por esconder o teor publicitário na divulgação de alguns produtos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também