Marketing

Natura lança espaço e reforça posicionamento: Casa de Perfumaria do Brasil

Espaço físico no Centro de Inovação da Natura, em Cajamar, tem quatro ambientes multissensoriais que revelam desenvolvimento dos perfumes

Jardim de Frascos, no Centro de Inovação da Natura, em Cajamar  (Natura/Divulgação)

Jardim de Frascos, no Centro de Inovação da Natura, em Cajamar (Natura/Divulgação)

Marina Filippe

Marina Filippe

Publicado em 10 de fevereiro de 2022 às 17h38.

Última atualização em 10 de fevereiro de 2022 às 18h57.

A fabricante de cosméticos Natura anuncia um espaço físico para representar e reforçar o título de a Casa de Perfumaria do Brasil. Segundo a marca, o espaço é um convite para uma imersão multissensorial, um misto de laboratório de alquimia, biblioteca de cheiros e mostra interativa e audiovisual.

A experiência nasce no Centro de Inovação da Natura, em Cajamar, região metropolitana de São Paulo. “A Casa de Perfumaria do Brasil é a tradução das riquezas de um Brasil vasto, alegre, vibrante. E agora, nos transportamos para uma experiência única que desperta sensações”, diz Andrea Alvares, vice-presidente de marca, inovação, internacionalização e sustentabilidade da Natura.

Projetado pelo arquiteto Roberto Loeb, o centro possui quatro ambientes. A concepção do projeto é da Natura e de sua perfumista exclusiva Verônica Kato em parceria com o premiado curador Marcello Dantas.

A experiência se inicia pela Sala Multissensorial com espelhos, imagens de flores e trilha sonora. A sala é um convite para se conectar e preenchida pelo cheiro da priprioca, um símbolo dos óleos essenciais da paleta olfativa da Natura.

No Jardim Aromático há mais de 50 espécies de plantas do Brasil e do mundo, curadas por Verônica Kato. Neste espaço, há um pedaço da Amazônia. E é de alguns desses ingredientes que a Casa de Perfumaria do Brasil obtém óleos essenciais que compõem suas fragrâncias.

Sustentabilidade

Para representar o compromisso com a inovação e a sustentabilidade, a designer Nicole Tomazi criou a instalação “Jardim de Frascos”. Feita com 1,5 mil frascos de fragrâncias, a obra faz referência ao cuidado ambiental da marca.

“Para a Natura, só é inovação se causar impacto positivo. Desde 2007 todas as nossas fragrâncias levam álcool 100% orgânico proveniente da cana cultivada sem queimadas, agrotóxicos ou adubos químicos. Além disso, todos os frascos da Casa de Perfumaria do Brasil contêm vidro reciclado. Com a iniciativa, são mais de 1 milhão de garrafas que deixam de ir para o lixo e ganham um destino nobre”, diz Andrea.

Na Sala Alquimia, projeções em telões panorâmicos exibem o que está por trás do desenvolvimento da perfumaria Natura, conectando desde as comunidades amazônicas, a origem dos ingredientes, até a concepção artística das fragrâncias por Verônica Kato, e suas cocriações com outros perfumistas renomados do mundo todo.

Por meio de um grande painel de vidro, o laboratório da perfumaria Natura, anexo a este ambiente, pode ser avistado. Já na mesa de experimentação, acontece a demonstração prática de diferentes caminhos olfativos da perfumaria, contendo amostras dos mais diversos ingredientes.

"Há beleza nessa união de elementos capazes de se transformar em uma fragrância. É dessa singularidade que nasce o espaço da Casa de Perfumaria do Brasil", diz Verônica Kato, perfumista exclusiva da Natura.

Por conta da pandemia de covid-19 o espaço ainda não está aberto para visitações.

Acompanhe tudo sobre:NaturaPerfumesSustentabilidade

Mais de Marketing

Grupo Flamboyant anuncia rebranding em suas unidades de negócio

Amstel traz Amsterdã ao Rio Pinheiros em evento com passeio de balsa gratuito

Heinz lança molho 'Barbiecue' em parceria com a Mattel

Cauã Reymond fica preso em elevador com fã em nova campanha

Mais na Exame