Acompanhe:

Burger King: a sucessão planejada do maior fast-food em operações próprias do Brasil

Entrevistado no Ypocast, Iuri Miranda comandou o Burger King Brasil por 11 anos e agora é membro do conselho da Zamp, controladora da marca

Modo escuro

Continua após a publicidade
Iuri Miranda foi entrevistado no Ypocast por Ventura Pires e Duani Reis
 (Murilo Tobias/Divulgação)

Iuri Miranda foi entrevistado no Ypocast por Ventura Pires e Duani Reis (Murilo Tobias/Divulgação)

Iuri Miranda, baiano de Salvador, trabalhou por 20 anos na Exxon Mobil, multinacional americana de óleo e gás, mais conhecida no Brasil pela rede de postos Esso. Nesse tempo esteve em várias posições nas áreas de vendas, operações e customer service.

Em 2010, Iuri recebeu a missão de expandir a marca Burger King no Brasil. A princípio, parece não fazer sentido trocar uma carreira na área de combustíveis para liderar uma rede de fast-food, mas nos últimos anos de Esso, Iuri liderou a área de lojas de conveniência e a operação de postos próprios. Existem muitas similaridades na gestão de pontos de vendas, equipes numerosas e cultura de varejo”,  comenta Iuri sobre a decisão de mudança na carreira.

Em 2010, o Burger King tinha 47 lojas e todos os desafios de enfrentar as grandes redes de fast-food, expandir lojas e estruturar os processos. Iuri e sua equipe fizeram um grande trabalho. Chegaram em 2022 com quase mil restaurantes, sendo 80% deles próprios. Há dois anos, o Burger King se tornou no Brasil, o único país do mundo onde sua marca é escolhida por consumidores como a preferida à frente do seu principal concorrente, o MC Donalds.

No início de 2023, Iuri Miranda deixou o comando da empresa e passou a fazer parte do conselho de administração. Ariel Grunkraut, que liderou as áreas de vendas, marketing e tecnologia assumiu a coroa. Seus desafios são expandir o programa de fidelidades e dobrar para dois mil o número de restaurantes da marca americana no país nos próximos dez anos.

Com exclusividade para o Ypocast, Iuri comenta sobre desafios e decisões importantes nestes anos de expansão, sobre o plano de sucessão da posição de CEO para tornar-se membro do conselho da empresa. Muitos aprendizados de carreira do profissional que liderou uma empresa que ultrapassou R$ 4 bilhões de receitas anuais em 12 anos. Grandes projetos, grandes líderes.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
O Futuro do RH: tendências, competências e desafios na escolha de líderes
Liderança

O Futuro do RH: tendências, competências e desafios na escolha de líderes

Há 2 semanas

Insights para qualquer novo ano
Liderança

Insights para qualquer novo ano

Há um mês

As principais tendências de treinamento e desenvolvimento para 2024
Liderança

As principais tendências de treinamento e desenvolvimento para 2024

Há um mês

Por que a maternidade precisa entrar na pauta de negócios das empresas brasileiras?
Liderança

Por que a maternidade precisa entrar na pauta de negócios das empresas brasileiras?

Há um mês

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais