Invest

Receba dividendos em dólar: veja como aproveitar a alta do dólar com ações americanas

Como o S&P 500 Dividend Aristocrats pode maximizar seus retornos em dólar

 (Stock/Getty Images)

(Stock/Getty Images)

Ana Cardim
Ana Cardim

Redatora

Publicado em 23 de abril de 2024 às 16h17.

Última atualização em 23 de abril de 2024 às 16h35.

Tudo sobreinvestir-no-exterior
Saiba mais

Investir em ações que pagam em dólar pode ser uma estratégia valiosa, especialmente em momentos de alta da moeda, proporcionando uma camada extra de segurança e potencial de valorização para os investidores.

Com a força histórica do dólar no cenário global, posicionar-se em investimentos atrelados ao índice S&P 500 Dividend Aristocrats não só diversifica o portfólio contra instabilidades econômicas geograficamente localizadas, mas também aproveita os dividendos crescentes de empresas sólidas e estabelecidas nos Estados Unidos.

Assim, investidores podem se beneficiar não apenas do aumento potencial no valor dos dividendos, mas também da apreciação do dólar, maximizando seus retornos totais.

O que são os Dividend Aristocrats?

O S&P 500 Dividend Aristocrats é composto por empresas do S&P 500 que têm um histórico de aumento de dividendos por pelo menos 25 anos consecutivos. Isso reflete não apenas estabilidade financeira, mas também uma política corporativa comprometida com o retorno aos acionistas. Estas empresas têm pesos ponderados no índice, o que ajuda a mitigar riscos associados à concentração em uma ou duas ações.

Desempenho do Índice

Nos últimos anos, o Dividend Aristocrats demonstrou um desempenho interessante. Em 2023, o índice apresentou um retorno total de 8,44%, com um desvio padrão anualizado de 16,86%.

Diversificação e Dividendos

Além de seu sólido histórico de crescimento de dividendos, o índice oferece uma excelente diversificação setorial. Os dez principais constituintes incluem empresas de setores variados como bens de consumo, industriais e materiais, como Target Corp (TGT), Caterpillar Inc (CAT), e Lowe's Cos Inc (LOW). Esta diversificação ajuda a proteger o portfólio contra a volatilidade setorial.

Investindo no Índice

Para investidores interessados em ganhos em dólar, existem várias opções de ETFs que replicam o desempenho do Dividend Aristocrats. Alguns dos produtos notáveis incluem:

  • ProShares S&P 500 Dividend Aristocrats (NOBLE): Disponível na BATS Z-Exchange, oferece exposição direta ao índice.
  • Global X S&P 500 Dividend Aristocrats ETF (2236): Disponível na Tokyo Stock Exchange, permitindo aos investidores diversificação internacional.

As 10 Principais Ações do S&P 500 Dividend Aristocrats

A seguir, estão listadas as dez principais ações do índice S&P 500 Dividend Aristocrats, que são ponderadas e representam uma variedade de setores, oferecendo uma abordagem diversificada e equilibrada para o investimento em ações que consistentemente aumentam seus dividendos:

  1. Target Corp (TGT) - Setor: Bens de Consumo
  2. Caterpillar Inc (CAT) - Setor: Industriais
  3. Lowe's Cos Inc (LOW) - Setor: Consumo Discricionário
  4. Pentair PLC (PNR) - Setor: Industriais
  5. Emerson Electric Co (EMR) - Setor: Industriais
  6. Dover Corp (DOV) - Setor: Industriais
  7. Archer-Daniels-Midland Co (ADM) - Setor: Bens de Consumo
  8. Ecolab Inc (ECL) - Setor: Materiais
  9. McCormick & Co (MKC) - Setor: Bens de Consumo
  10. W.W. Grainger Inc (GWW) - Setor: Industriais

Investir em empresas Dividend Aristocrats através do índice S&P 500 Dividend Aristocrats é uma estratégia atrativa para aqueles que procuram estabilidade e rendimentos consistentes em dólar. Com um rebalanceamento trimestral, o índice ajusta-se dinamicamente às mudanças no mercado, mantendo uma estrutura focada em valor e crescimento sustentável.

Acompanhe tudo sobre:Dólarinvestir-no-exteriorDividendosAções

Mais de Invest

Quanto rende 500 mil a 100% do CDI?

Quanto rende R$ 1 milhão? Poupança, Tesouro Selic, IPCA+, e mais...

Quanto rendem R$ 100 mil na poupança?

Quanto rendem R$ 2 milhões na poupança? Veja valor por mês e comparação com outros investimentos

Mais na Exame