Invest

Receba dividendos da Petrobras este ano; veja como participar do próximo pagamento de proventos

Petrobras anuncia distribuição de R$ 13,45 bilhões em dividendos e JCP para o primeiro trimestre de 2024, veja quando é o data-com

 (Wilson Melo/Agência Petrobras)

(Wilson Melo/Agência Petrobras)

Ana Cardim
Ana Cardim

Redatora

Publicado em 14 de maio de 2024 às 11h52.

Última atualização em 14 de maio de 2024 às 12h57.

Tudo sobreDividendos
Saiba mais

A Petrobras (PETR4) comunicou aos seus acionistas a aprovação pelo conselho da empresa o pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP), totalizando R$ 13,45 bilhões, referente aos resultados do primeiro trimestre de 2024. A  distribuição considera o desconto de R$ 1,1 bilhão correspondente ao valor de ações recompradas pela companhia no mesmo período.

Detalhes do pagamento dos proventos

Os acionistas da Petrobras podem esperar receber R$ 1,04161205 por ação, tanto para as ações ordinárias (PETR3) quanto para as preferenciais (PETR4). Este valor será distribuído em duas parcelas iguais. A primeira, de R$ 0,52080603 por ação, será paga como JCP, enquanto a segunda, também de R$ 0,52080602 por ação, incluirá dividendos no valor de R$ 0,44736651 e JCP de R$ 0,07343951.

Calendário de pagamento

Para estar apto a receber estes proventos, os investidores devem possuir ações da Petrobras até a data de corte em 11 de junho para as ações negociadas na B3. Para os detentores de ADRs negociadas na New York Stock Exchange (NYSE), o record date é 13 de junho. As ações começarão a ser negociadas sem direito aos dividendos na B3 e na NYSE a partir de 12 de junho.

As datas de pagamento estão agendadas para 20 de setembro, com a primeira parcela sendo paga integralmente como JCP e a segunda combinando dividendos e JCP.

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:PETR4PETR3PetrobrasDividendosJuros sobre capital próprio (JCP)

Mais de Invest

‘Independência financeira liberta’: Women in Finance discute gestão patrimonial para mulheres

Bancos centrais compram um quinto do ouro do mundo e querem aumentar aposta

Quina de São João: veja os números mais sorteados da história

Ibovespa sobe e recupera os 120 mil antes de decisão do Copom; dólar bate máxima em 18 meses

Mais na Exame