Acompanhe:

Mercado confere se o Copom manterá sinalização de ritmo de cortes e se o Fed indicará uma pausa da alta dos juros americanos. EUA também divulgam payroll. Com real favorecido pelas commodities, China expõe dados de PMIs. Nomes de diretores do BC e balanços de varejistas ficam no radar. Veja destaques:

Comunicado do Copom

O mercado de juros precifica um novo corte de 0,50pp da Selic na próxima semana, para 12,25%, e vai checar no comunicado se o Copom mantém a sinalização de reduções da mesma magnitude nas “próximas reuniões”. “O BC pode reconhecer um ambiente global de maior risco devido ao conflito no Oriente Médio e à alta dos yields dos títulos americanos. Isso pode ser lido como relativamente mais hawkish, embora sem impedir novos cortes nas reuniões seguintes”, diz Adriana Dupita, da Bloomberg Economics. O ambiente externo levou o BC do Chile a desacelerar o corte de sua taxa. Agenda ainda traz a última pesquisa Focus antes do Copom e produção industrial.

Novos diretores do BC

O mercado também continua à espera do anúncio dos novos diretores do Banco Central, que vão substituir Fernanda Guardado e Mauricio Moura. Se o governo nomear diretores mais dovish ou menos experientes no mercado, as expectativas de inflação a longo prazo poderão permanecer sem ancoragem até que o novo comitê convença que é comprometido em atingir a meta, segundo a Bloomberg Economics. No pós-Copom, em 2 de novembro, mercado fecha com feriado do dia de Finados. Câmbio tem definição de Ptax de fim de mês e monitora possível início da próxima rolagem de swaps após fim da renovação de dezembro.

Sinal do Fomc e payroll

Antes da decisão do Copom, os mercados reagirão à decisão do Fomc na quarta-feira. A expectativa é de que o Fed mantenha sua taxa de referência na faixa entre 5,25% e 5,50% e os investidores buscarão no comunicado e fala do presidente Jerome Powell sinais sobre as próximas decisões. Os yields tiveram alta moderada nesta sexta-feira após dados mostrando alta do PCE e consumo, que poderiam manter a porta aberta a uma elevação adicional de juro. Agenda pesada de indicadores, com payroll, ISM e ADP, além de resultado da Apple, pode gerar volatilidade. Bancos da Inglaterra e Japão também definem juros na próxima semana.

China e commodities

O real caminha para fechar a semana entre as moedas emergentes e principais de melhor desempenho, em meio à alta das commodities que favorece as exportações brasileiras, o carry elevado proporcionado pelos juros altos domésticos e o avanço da agenda econômica do governo. A China, maior importador de produtos básicos como o minério de ferro, divulga PMIs de manufaturas e serviços nos dias 30 de outubro e 2 de novembro. Enquanto as perspectivas sobre demanda chinesa sustentam os metais, o petróleo sobe com o conflito no Oriente Médio.

Empresas de consumos

Varejistas como Assaí, GPA e Carrefour Brasil, além de Ambev e Vivo, estão entre as empresas que divulgam seus resultados nos próximos dias. Americanas também promete divulgar no dia 31 o primeiro balanço desde o pedido de recuperação judicial, ainda sobre os resultados de 2022. Metal Leve e Ambipar podem captar perto de R$ 2 bilhões somados em ofertas de follow-on que serão precificadas na terça-feira.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Inflação nos EUA: o que esperar do PCE de janeiro - e por que é decisivo para os juros americanos?
seloMercados

Inflação nos EUA: o que esperar do PCE de janeiro - e por que é decisivo para os juros americanos?

Há 2 dias

Governo aprova nova queda de juros do empréstimo consignado para beneficiários do INSS
Economia

Governo aprova nova queda de juros do empréstimo consignado para beneficiários do INSS

Há 2 dias

Fed diz que moedas digitais de outros países podem causar "erosão" do dólar
Future of Money

Fed diz que moedas digitais de outros países podem causar "erosão" do dólar

Há 3 dias

BCE pode ter razões para cortar juros antes do Fed pela primeira vez, diz Gavekal
seloMercados

BCE pode ter razões para cortar juros antes do Fed pela primeira vez, diz Gavekal

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais