Invest

Teto de juros do consignado do INSS cairá para 1,68% ao mês

As novas condições do empréstimo devem entrar em vigor na próxima semana

INSS: Consignado para beneficiários do INSS terá novo teto de juros (Agência Brasil/Agência Brasil)

INSS: Consignado para beneficiários do INSS terá novo teto de juros (Agência Brasil/Agência Brasil)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 24 de abril de 2024 às 17h57.

Última atualização em 24 de abril de 2024 às 17h57.

Tudo sobreINSS
Saiba mais

O Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quarta-feira mais um corte no teto dos juros do consignado para aposentados e pensionistas do INSS.

A taxa do empréstimo com desconto em folha caiu de 1,72% ao mês para 1,68% e do cartão consignado, de 2,55% para 2,49% ao mês, conforme foi proposto pelo Ministério da Previdência. As novas condições devem entrar em vigor na próxima semana.

A estratégia do ministro da pasta, Carlos Lupi, é repassar para a modalidade a queda na taxa Selic, taxa básica de juros da economia, atualmente em 10,75% ao ano. Os bancos não concordam com a metodologia, mas são voto vencido no colegiado, no qual o governo tem maioria.

Esse soma o sétimo corte na taxa do consignado dos aposentados. Em 13 de março de 2023, o percentual baixou de 2,14% ao mês para 1,70%. Os bancos reagiram e suspenderam a modalidade, o que fez a taxa subir 1,97% ao mês em 28 de março. Depois disso, o teto dos juros vem sendo reduzido seguidamente, apesar da resistência do setor financeiro.

Durante a reunião do CNPS nesta quarta-feira, as entidades representativas do comércio e da agricultura se abstiveram e os bancos votaram contra a medida.

Além de aposentados e pensionistas do INSS, idosos e deficientes da baixa renda que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) podem acessar o empréstimo.

Acompanhe tudo sobre:INSSMinistério da Previdência Social

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2726; prêmio é de R$ 30 mi

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Para acelerar atendimento a benefícios sociais, Caixa abre 17 agências no RS no sábado e domingo

Sem ‘abocanhada’ do leão: analista recomenda 4 ativos de renda fixa que pagam até IPCA + 7,1%

Mais na Exame