Invest

Receita Federal recebeu 16 milhões de declarações do IR 2024; veja como declarar

São esperadas, aproximadamente, 43 milhões de declarações até o final do prazo

Receita Federal: a expectativa é quem sejam enviadas 43 milhões de declarações (Hillary Kladke/Divulgação)

Receita Federal: a expectativa é quem sejam enviadas 43 milhões de declarações (Hillary Kladke/Divulgação)

Karla Mamona
Karla Mamona

Editora de Finanças

Publicado em 19 de abril de 2024 às 13h56.

Última atualização em 19 de abril de 2024 às 15h05.

Tudo sobreImposto de Renda 2024
Saiba mais

A Receita Federal informou que já foram entregues 16.074.976 declarações do Imposto de Renda 2024. São esperadas, aproximadamente, 43 milhões de declarações até o final do prazo. A data final para entrega é dia 31 de maio.

A Receita orienta que para reduzir o risco de erros, o contribuinte deve utilizar a declaração pré-preenchida. Mesmo assim, todas as informações devem ser checadas e validadas pelo contribuinte antes do envio da declaração à Receita.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2024?

Se você mora no Brasil e ganhou acima de R$ 30.639,90 no ano de 2023, deverá declarar o Imposto de Renda 2024. Mas não é só esse fato que torna obrigatório a declaração. Existem outras regras que a pessoa pode se enquadrar e, neste caso, precisa também declarar o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). Segundo a Receita Federal, o prazo de declaração do IR começa 15 de março e vai até 31 de maio. E se não declarar? Pode ser multado.

Para preencher a declaração, há duas formas: a declaração simplificada e a declaração completa. Em ambos os casos, o contribuinte pode baixar o Programa Gerador da Declaração (PGD), mas também pode preencher por meio do aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível nos sistemas iOS e Android, ou pelo site Gov.br.

Documentos necessários para declarar o IR

Para facilitar a declaração, é necessário ter estas declarações em mãos:

  • Informes de rendimentos de instituições financeiras, incluindo bancos e corretoras;
  • Informes de rendimentos de salários, pró-labore, distribuição de lucros, aposentadorias, aluguéis, entre outros;
  • Documentos que comprovem a realização de outras rendas, como aluguel ou venda de bens;
  • Informações de dependências, incluindo gastos com saúde e educação;
  • Dados da declaração anterior, se houver.

Quem precisa declarar o IR em 2024?

É obrigado a declarar o Imposto de Renda em 2024 o contribuinte que:

  • Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 30.639,90, o que inclui salário, aposentadoria e pensão do INSS ou de órgãos públicos;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte (como rendimento de poupança ou FGTS) acima de R$ 200 mil;
  • Teve ganho de capital (ou seja, lucro) na alienação (transferência de propriedade) de bens ou direitos sujeitos à incidência do imposto
  • Teve isenção do IR sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguida de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias
  • Realizou vendas na bolsa que, no total, superaram R$ 40 mil, inclusive se isentas. E quem obteve lucro com a venda de ações, sujeito à incidência do imposto. Valores até R$ 20 mil são isentos
  • Tinha, em 31 de dezembro, posse ou propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, acima de R$ 800 mil;
  • Obteve receita bruta na atividade rural em valor superior a R$ 153.199,50;
Acompanhe tudo sobre:receita-federalImposto de Renda 2024

Mais de Invest

Jeff Bezos: confira o perfil do fundador da Amazon

Caixa Econômica Federal tem lucro recorrente de R$ 2,9 bi no 1º trimestre

Bolsa Família 2024: pagamento de maio começa na sexta-feira; veja calendário e quem recebe

JBS (JBSS3): melhora de margem impressiona e ação lidera alta do Ibovespa

Mais na Exame