Procon anuncia recall de carros da GM e Toyota; veja modelos

Segundo a instituição, as montadoras deverão apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor
 (Divulgação/GM)
(Divulgação/GM)
Por Mariana MartucciPublicado em 19/04/2021 15:12 | Última atualização em 19/04/2021 16:32Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Procon-SP emitiu um comunicado nesta segunda-feira, 19, sobre três recalls envolvendo as marcas GM e Toyota. Segundo a instituição, as montadoras deverão apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, "inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor."

GM (General Motors)

O Procon-SP orienta os consumidores sobre seus direitos, no que diz respeito ao recall de veículos Chevrolet Tracker, modelos 2020 a 2022, fabricados entre 25/10/2019 a 8/4//2021, com números de chassis de LB900009 até NB100146. 

No comunicado, a empresa informa que em caso de colisão, onde o acionamento dos pré-tensionadores abdominias dos cintos de segurança dianteiros é esperado, constatou-se a possibilidade de faíscas decorrentes do seu funcionamento normal atingirem o isolador acústico do carpete. Esse defeito possibilita princípio de incêndio na região inferior da coluna B, podendo resultar em danos materiais, lesões físicas graves ou fatais ao motorista e aos ocupantes do veículo.

Os proprietários dos veículos envolvidos deverão agendar junto a uma concessionária da marca a instalação de uma proteção no isolador acústico do carpete. Para agendamento e mais informações, a empresa disponibiliza o telefone 0800 702 4200 e o site http://www.chevrolet.com.br.

Toyota

O Procon-SP orienta os consumidores sobre seus direitos, no que diz respeito ao recall de veículos Camry e Lexus modelos NX300, RX350 e ES300h abaixo identificados. Veja os veículos envolvidos:

  • Camry fabricação: 4/2 a 28/3/2019 chassis (ordem não sequencial) JTNBZ3HK* de K3008425 a K3009269
  • Lexus NX300 fabricação: 11/5 a 14/5/2018 chassis (ordem não sequencial) JTJBARBZ* de J2178631 a J2178870
  • Lexus RX350 fabricação: 4/7/2017 a 13/5/2019 chassis (ordem não sequencial) JTJBZMCA* de H2026938 a K2045044
  • Lexus ES300h fabricação: 5/92018 a 20/2/2019 chassis (ordem não sequencial) JTHB21B1* de K2008307 a K2037346

No comunicado, a empresa informa que os veículos envolvidos são equipados com uma bomba de combustível de baixa pressão, localizada no tanque de combustível. Foi identificado que, devido a certas condições de produção, o impulsor presente na referida bomba pode apresentar trincas superficiais, o que gera deformação capaz de criar uma interferência com o corpo da mesma, tornando-a inoperante.

Caso este fato aconteça, a luz de advertência de verificação do motor pode acender e ocorrer o funcionamento irregular do motor. Em casos raros, o veículo pode parar totalmente durante a condução em altas velocidades, aumentando o risco de acidente, com danos materiais e lesões físicas graves ou até mesmo fatais a seus ocupantes.

Os proprietários dos veículos envolvidos deverão agendar junto a uma concessionária da marca, a partir de 23/4, substituição da bomba de combustível do veículo. Para agendamento e mais informações a empresa disponibiliza o telefone 0800 703 0206 e o site www.toyota.com.br/servicos/recall/ e 0800 539 8727 e o site www.lexus.com.br/pt/contact-us/recall.html

Para mais informações sobre as campanhas de recalls acesse http://sistemas.procon.sp.gov.br/recall/. Os consumidores que sofreram algum tipo de acidente poderão solicitar, por meio do Judiciário, a reparação dos danos eventualmente sofridos.