Carros acima dos 13 anos fazem sucesso e VW Gol é o usado mais vendido

Primeiro semestre teve crescimento de 14,1% em relação a 2020, com 3.587.362 seminovos e usados emplacados

Gol: modelo foi o líder de vendas entre seminovos e usados

Gol: modelo foi o líder de vendas entre seminovos e usados (Volkswagen/Divulgação)

Em tempos de pandemia – e carros 0 km raros nas concessionárias –, são modelos com mais de 13 anos de uso que têm feito sucesso nas vendas. Essa foi a categoria que mais cresceu no primeiro trimestre de 2021 quando comparada ao ano passado: foram mais de 1 milhão de unidades, o que significa aumento de 32,1% em relação aos emplacamentos do começo de 2020.

De acordo com a Fenauto, entidade que representa lojistas de veículos seminovos e usados, até o último mês, foram comercializadas 3.587.362 unidades. Isso significa um aumento de 14,1% em relação a 2020, que teve 3.143.699 unidade no período. Esses resultados são melhores que para o segmento de veículos 0 km, que diminuiu 5,4% e vendeu 527.913 unidades até março.

As empresas do futuro estão aqui. Conheça os melhores investimentos em ESG na EXAME Invest Pro

“Tivemos resultado razoavelmente bom em março. Mas o aumento de casos da Covid-19, a paralisação na produção de veículos, o fechamento de Detrans, além de restrições de funcionamento de comércio e lojas devem trazer dificuldades para o segmento. Esperamos que, com o avanço da vacinação, a situação volte à normalidade”, diz Ilídio dos Santos, presidente da entidade.

Os resultados nas vendas do último mês representaram uma melhoria de 4,1% em relação a fevereiro e foram emplacados 1.237.030 veículos seminovos e usados (contra 1.188.275). Entretanto, a Fenauto diz que já são notados efeitos da pandemia no segmento e que a previsão, caso continue o agravamento da situação, é de queda sequencial nas vendas das próximas semanas.

Vale lembrar que, desde 15 de janeiro, o estado de São Paulo – maior mercado consumidor de carros no país – elevou a tarifa de ICMS, imposto sobre circulação de mercadorias e prestação e serviços, de 1,80% para 5,53% na comercialização de seminovos e usados. Com isso, o tributo teve aumento de 207%. Para os veículos 0 km, também houve mudança: passou de 12% a 13,3%.

De acordo com o governo de João Dória (PSDB), o aumento foi necessário para reequilibrar os prejuízos provados pela pandemia do novo coronavírus. Pelas estimativas, a mudança na tributação do ICMS (não apenas de veículos, mas também para TV por assinatura, refeições, móveis, saúde e construção) podem render cerca de 7 bilhões de reais aos cofres públicos só neste ano.

Por outro lado, a Fenauto diz que a oferta de crédito para financiamento de seminovos e usados foi um dos facilitadores para o segmento durante o período de crise. Isso porque a entidade afirma que existe a possibilidade de parcelamento de até 100% do valor do veículo. Como resultado, houve crescimento de 13% na concessão de crédito neste ano por conta da queda dos juros.

Confira quais foram os seminovos e usados mais vendidos em março:

1 – VW Gol: 69.388 unidades;

2 – Fiat Palio: 42.880 unidades;

3 – Fiat Uno: 40.441 unidades;

4 – Fiat Strada: 26.404 unidades;

5 – Chevrolet Celta: 25.291 unidades;

6 – Chevrolet Onix: 22.752 unidades;

7 – VW Fox: 22.389 unidades;

8 – Ford Ka: 20.894 unidades;

9 – Toyota Corolla: 20.676 unidades;

10 – Ford Fiesta: 20.117 unidades.

O futuro do varejo é 100% digital? Entenda assinando a EXAME

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.