• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Nome sujo? PicPay agora oferece consulta a cliente

Ferramenta Consulta de CPF informa pendências e monitora eventuais dívidas que constam no banco de dados da Boa Vista SCPC
PicPay: consulta de CPF também serve como uma ferramenta de segurança para o usuário, pois pode ajudá-lo a checar indícios de fraude (Divulgação/Rogério Cassimiro)
PicPay: consulta de CPF também serve como uma ferramenta de segurança para o usuário, pois pode ajudá-lo a checar indícios de fraude (Divulgação/Rogério Cassimiro)
Por Karla MamonaPublicado em 14/04/2022 10:47 | Última atualização em 14/04/2022 12:02Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O PicPay informou nesta quinta-feira, 14, que liberou uma ferramenta que permite que o usuário do app veja se está com o nome sujo. Também será possível receber um alerta no celular, caso haja alguma análise suspeita ou pendência.

A consulta de CPF é uma parceria com a Boa Vista, que verifica débitos registrados no banco de dados SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). A nova função será liberada gradativamente para grupos específicos de clientes.

De acordo com o PicPay, a funcionalidade faz parte da integração dos serviços do Guiabolso, adquirido pela companhia no final de julho do ano passado. A ferramenta complementa os serviços disponíveis na carteira, como pix, pagamento de boletos, compras com QR Code, transferências entre pessoas (peer-to-peer), entre outros.

“Mais do que checar pendências no nome, a Consulta de CPF também serve como uma ferramenta de segurança para o usuário, pois pode ajudá-lo a checar indícios de fraude e assim evitar prejuízos financeiros ou ser classificado como inadimplente por uma dívida que não cometeu”, afirmou em material divulgado.