Acompanhe:

Black Friday: 5 dicas para aproveitar a data sem comprometer o orçamento

Estabelecer limites e prioridades, além de tomar cuidado com promoções falsas, são algumas das recomendações

Black Friday: verifique se a compra cabe no orçamento e não caia na pressão da data (Leandro Fonseca/Exame)

Black Friday: verifique se a compra cabe no orçamento e não caia na pressão da data (Leandro Fonseca/Exame)

R
Redação

7 de novembro de 2022, 17h38

Faltando poucos dias para a Black Friday é importante começar a se planejar para aproveitar as promoções.

Para ajudar o consumidor a não comprometer o orçamento do final de ano na data de promoções do comércio e a ficar longe de armadilhas, a consultora financeira Ana Paula Netto, da fintech Onze, separou dicas para aproveitar os descontos. Veja abaixo:

Verifique se a sua compra cabe no orçamento

O desconto pode ser de 80%, mas será que os 20% restantes do preço cabem no seu orçamento? Por maior que seja o desconto é preciso agir com a razão.

Tenha acesso agora a todos materiais gratuitos da EXAME para investimentos, educação e desenvolvimento pessoal

Não adianta economizar e depois arcar com os juros altos do cheque especial e rotativo do cartão de crédito. Dessa forma, tudo o que foi economizado poderá ser perdido.

Estabeleça um limite

Determine um valor máximo para gastar na data. Não é porque a loja está toda em promoção que você precisa levar tudo para a casa.

Combine necessidade com possibilidade, e avalie se fará mais sentido comprar à vista, no cartão de crédito ou aproveitar um desconto maior no pix.

Determine prioridades

Dentre todos os produtos que você deseja, estabeleça uma prioridade. Leve em conta o quanto você necessita de uma compra em detrimento de outra.

Não pague metade do dobro

Fique atento ao comportamento dos preços. Confirme se o produto desejado realmente está com desconto ou se a loja dobrou o preço para depois te dar o desconto.

Para isso, você pode criar um alerta de preço em sites de busca como Buscapé e Zoom e checar a oscilação do valor ao longo do tempo.

Não caia na pressão da data

Sabemos que os descontos da data nem sempre são tão vantajosos como os observados em outros países, como nos Estados Unidos.

Portanto, talvez seja melhor ficar atento a outros períodos nos quais historicamente as lojas fazem promoções em vez de apostar todas as fichas em uma só data.

Se você quer comprar uma TV, talvez as maiores promoções aconteçam perto do início da Copa. Para eletrônicos, talvez a Cyber Monday seja mais vantajosa.