BB (BBAS3) faz parceria com Via (VIIA3) e redobra aposta em marketplace

Banco do Brasil passa a oferecer produtos de 11 novos parceiros, como Casas Bahia, Ponto, Droga Raia e Boticário, em aposta para ampliar a recorrência no app
App do Banco do Brasil com novos parceiros integrados ao marketplace (Banco do Brasil/Divulgação)
App do Banco do Brasil com novos parceiros integrados ao marketplace (Banco do Brasil/Divulgação)
Marcelo Sakate
Marcelo Sakate

Publicado em 12/04/2022 às 06:56.

Última atualização em 12/04/2022 às 06:58.

A combinação de banking com e-commerce está cada vez mais presente nos aplicativos dos brasileiros. A nova aposta vem do Banco do Brasil (BBAS3), que acaba de acertar uma parceria com 11 das maiores redes varejistas do país para integrá-las à sua plataforma digital, segundo iniciativa antecipada pela EXAME Invest.

Atualmente com uma base de 24 milhões de clientes ativos mensais, o app do BB passa a oferecer acesso às lojas do Ponto, da Casas Bahia e do Extra -- estas três redes da Via (VIIA3) --, além de Droga Raia (RADL3), Centauro (SBFG3), Cobasi, Dafiti, Dolce Gusto, Boticário e L’Occitane.

A Loja BB, nome do marketplace do banco estatal, entrou em operação em novembro passado com a Amazon como único parceiro.

Inove o seu jeito de usar banco. Conheça o BTG Pactual banking

A oferta de produtos e serviços faz parte de uma estratégia consagrada para aumentar a recorrência de uso do app pelo cliente, além das receitas, uma vez que aumentam as chances de consumo e de contratação de produtos como crédito.

Em 2021, o banco movimentou mais de R$ 100 milhões com a venda de produtos e serviços não financeiros por meio do app, que atualmente conta com acesso médio de 8 milhões de clientes por dia.

Para incentivar o consumo nos parceiros varejistas, o BB oferece cashback nas compras por meio do app, com valores creditados na conta corrente do cliente.

“O marketplace do BB garante uma audiência qualificada e geração de novos negócios para as empresas que se conectam conosco. Para o cliente pessoa física, traz comodidade, experiência, simplicidade e benefícios tangíveis, como o cashback”, afirmou Pedro Bramont, diretor de negócios digitais do BB.

A oferta de serviços pelo app do banco teve início no fim de 2020, por meio de gift cards de empresas parceiras para uso pessoal ou como presente para amigos e parentes. São atualmente 17 parceiros, de transporte e games a delivery e streaming.

A integração de banking com e-commerce foi adotada em particular por bancos digitais, como BTG Pactual (BPAC11), Banco Pan (BPAN4), C6 Bank, Inter (BIDI11) e Nubank (NU), mas incumbentes como o BB e o Itaú (ITUB4), para ficar em dois exemplos, mostram que a estratégia tem sido adotada de maneira mais abrangente no setor.

Vale o mesmo para as empresas de e-commerce, que fazem o caminho da integração de serviços financeiros para aumentar a receita por essa frente, como Mercado Livre (MELI), com o Mercado Pago, e Magazine Luiza (MGLU3), entre outros.