Invest

Visionário, contagiante e inspirador: CEOs e empresários comentam legado de Abilio Diniz

Empresário fez do Pão de Açúcar um gigante do varejo e foi protagonista dos negócios no Brasil e no mundo por décadas

André Esteves e Abilio Diniz: “o Brasil perde um empreendedor visionário” (Divulgação)

André Esteves e Abilio Diniz: “o Brasil perde um empreendedor visionário” (Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 19 de fevereiro de 2024 às 07h58.

Última atualização em 20 de fevereiro de 2024 às 10h52.

Morreu de pneumonite neste domingo, 18, o empresário Abilio Diniz, de 87 anos, que transformou o negócio de sua família em um dos maiores grupos de varejo do mundo, o Pão de Açúcar. Depois de décadas comandando a empresa, Abilio deixou o controle do gigante do varejo em 2012. Antes de morrer, era um dos maiores acionistas do Carrefour global, e vice-presidente do colegiado do Carrefour Brasil. Além disso, era presidente do conselho de administração da Península Participações. 

A morte do empresário, considerado um dos mais admirados do Brasil, causou comoção. O velório de Abilio Diniz acontece nesta segunda-feira, 19, no Salão Nobre do MorumBis, estádio do São Paulo Futebol Clube, o time do coração dele.

Líderes de grandes empresas do Brasil se manifestaram sobre a morte do colega, que é até hoje sinônimo de inspiração no empreendedorismo. Veja os depoimentos:

André Esteves, sócio-sênior do banco BTG Pactual

"O Brasil perde um empreendedor visionário, que nunca se prostrou diante dos desafios, pelo contrário, cresceu, inovou, com uma capacidade extraordinária de adaptação frente a tantas mudanças pelas quais o país passou ao longo de décadas. Abílio Diniz personifica aspectos que vão muito além do legado que deixa para o varejo brasileiro. Foi uma pessoa que não permitiu que os obstáculos que enfrentou quebrassem a sua convicção de que era possível transformar o ambiente de negócios do país. Envio minhas condolências à família de Abílio e aos incontáveis amigos, aos quais me incluo, a quem ele nunca deixou de dedicar atenção e cuidado. Sua convicção no trabalho, sua crença no Brasil e a sua resiliência permanecerão inspirando as futuras gerações."

Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho de Administração da Cosan

"Abílio Diniz foi um visionário que dedicou a vida ao desenvolvimento do nosso país, sem esmorecer mesmo diante de enormes baques, como o sequestro que sofreu e a perda de um filho. Gerou milhões de empregos e influenciou gerações de empreendedores. Seu legado será inesquecível."

Gilberto Tomazoni, CEO da JBS

"Em meu nome, e em nome de toda a JBS, gostaria de prestar minha solidariedade aos amigos e familiares de Abilio Diniz.

Sem dúvida, o empresário foi e sempre será uma referência de empreendedorismo, coragem, profissionalismo, competência e vigor para todos aqueles que acompanharam sua trajetória. Tive oportunidade de ser fornecedor e concorrente dele. Assim, testemunhei a forma como ele sempre soube elevar a barra da inovação e eficiência em tudo o que fazia.

Como poucos, Abilio sabia combater o bom combate dos negócios.

Foi assim que construiu grandes empresas, que geram milhões de empregos e promovem o desenvolvimento socioeconômico do Brasil e de diversos outros lugares do mundo.

Seu legado permanece.

Meus mais sinceros sentimentos à sua linda família."

Ricardo Mussa, CEO da Raízen

"É com grande pesar que recebo a notícia da partida do Abilio Diniz. Abilio sempre foi aquele que contagia a todos com seus atributos tão únicos reunidos em uma só pessoa – visionária, batalhadora e apaixonada pelo que faz, sem perder a sua simplicidade. Sua contribuição em vida para o varejo e na economia brasileira foram fundamentais para conseguirmos avanços importantes em todos os sentidos. Deixo meu abraço à família, amigos e colegas de trabalho", disse o CEO em publicação no LinkedIn.

Eugenio Mattar, chairman da Localiza

"A liderança do Abílio transcendeu sua vida pessoal e, através do exemplo e da sua pregação, inspirou o brasileiro a empreender, cuidar da vida e exercer a cidadania plena.
O Brasil sente, chora e lamenta sua ausência e liderança entre nós!"

Jorge Gerdau, presidente do Conselho do Movimento Brasil Competitivo

"Abílio Diniz, indiscutivelmente, foi um dos principais líderes empresariais da nossa história, dentro de um conceito de eficiência não apenas empresarial, mas sua participação social foi extremamente importante dentro do modelo de Moderna Economia.
Para nós é uma lástima, porque o Abilio com sua capacidade e disposição teve uma participação importante na formação educacional apoiando a Fundação Getúlio Vargas e também para a sociedade, nos debates com setor público, independente de situação ou partido como realmente deve ser.
No meu entender, foi uma grande perda porque o Abilio com essa maturidade poderia nos ajudar muito na formação e capacitação do nosso empresariado mais jovem, pois é um exemplo a ser seguido."

Grupo Carrefour

"Recebemos com imensa tristeza a notícia do falecimento do nosso amigo e vice-presidente do Conselho de Administração, Abilio Diniz.

Tivemos a honra de trabalhar lado a lado com o mais respeitado e admirado empresário do varejo brasileiro, que nos incentivou a buscar sermos melhores todos os dias. Ao longo de quase uma década, Abilio empenhou sua visão e habilidade únicas no desenvolvimento e amadurecimento de nossa empresa, e o legado que ele nos deixa é inestimável.

Abilio foi mais que um empreendedor de sucesso. Foi um exemplo de dedicação e amor à família, à educação, aos esportes, à saúde, à espiritualidade e ao Brasil. Um exemplo de ser humano, que deixa para sempre seu nome e sua marca na história do nosso país.

Neste dia triste, o Grupo Carrefour Brasil, seu Conselho de Administração e seus colaboradores e colaboradoras se solidarizam com a família de Abilio, com quem estão nossos pensamentos neste momento", diz a empresa em publicação no LinkedIn.

Jean Jereissati, CEO da Ambev

"Nós, do time Ambev, lamentamos profundamente o falecimento de Abílio Diniz. Seu legado, que contribuiu de maneira profunda para o desenvolvimento do varejo e da economia do Brasil, é uma inspiração e um exemplo para todos nós. Desejamos nossas condolências aos familiares, amigos e colegas neste difícil momento."

Marcelo Pimentel, CEO do Grupo Pão de Açúcar

"Com profundo pesar eu recebi a notícia sobre o falecimento do grande empresário Abilio Diniz, que tanto contribuiu para a história do varejo brasileiro, e particularmente, do Grupo GPA, empresa que liderou por muitos anos. Abilio é e sempre será um exemplo de liderança, visão e espírito empreendedor, que deixa um legado muito valioso e que sempre será lembrado. À família e aos amigos, minhas respeitosas condolências", publicou o CEO no LinkedIn.

Banco Central

"O empresário Abilio Diniz dedicou sua vida ao Brasil. Sempre esteve ao lado dos que se empenham por um desenvolvimento sustentável do país, sem jamais deixar de lado as preocupações sociais.

Foi uma grande inspiração para mim e para muitos de diversas gerações. Tive a felicidade de interagir com ele e sempre foi um grande apoiador nos momentos difíceis.

Seu falecimento é uma perda irreparável para todos. Fará enorme falta.

Deixo minhas condolências aos familiares e amigos de Abilio, e registro a acolhida sempre respeitosa que me dedicou".

Isaac Sidney, presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban)

"É com grande pesar que recebemos a notícia do falecimento de Abilio Diniz, que deixa sua marca na história como um dos principais nomes de negócios e do segmento varejista de nosso país, pertencente a uma geração de empreendedores que ajudaram a moldar o Brasil de hoje, com iniciativas empresariais corajosas e desafiadoras.

Como presidente da Febraban, tive a oportunidade de estar ao seu lado em eventos e dividir muitas conversas frutíferas sobre nosso país e constatar a força de sua liderança empresarial.

Sua atuação, liderança ativa, visão de futuro e inesgotável dedicação ao trabalho permanecerão como um exemplo inspirador para além do mundo dos negócios."

Belmiro Gomes, CEO do Assaí

"Hoje, perdemos Abilio Diniz , uma figura icônica e visionária no cenário do varejo alimentar brasileiro. Sua capacidade de entender profundamente o mercado foi incomparável, um guerreiro cuja trajetória ajudou a moldar o varejo brasileiro como o conhecemos hoje.

Tive o privilégio de conhecer e aprender com Abilio, cuja confiança na minha liderança permitiu a transformação do Assaí em um nome de destaque no varejo. Sua influência foi fundamental para a reinvenção do nosso modelo de negócios e sucesso subsequente.

Abilio deixa um legado de inovação e excelência no empresariado brasileiro, sendo uma fonte de inspiração perene. Meus pensamentos estão com sua família e amigos neste momento difícil, esperando que encontrem conforto e paz. Agradecemos profundamente a Abilio por tudo o que fez pelo setor e por todos nós. Sua memória e ensinamentos permanecerão conosco", lamentou o CEO em publicação no LinkedIn.

Renato Franklin, CEO da Casas Bahia

"Por mais de quatro décadas Abilio Diniz foi um rosto para o varejo. Ao lado de outros gigantes, construiu o que conhecemos hoje, no Brasil, como varejo alimentar. Abílio fez parte da antiga Via Varejo, hoje Grupo Casas Bahia e ajudou a construir a nossa história. É com profundo respeito e reconhecimento ao legado dele, que confortamos à família e amigos por essa perda", pontuou o CEO no LinkedIn.

Stephane Maquaire, CEO do Carrefour Brasil

"'Não chore à beira do meu túmulo, eu não estou lá. Estou no soprar dos ventos, nas tempestades de verão e nos chuviscos suaves da primavera.
Eu sou a pressa inquieta dos ruídos da cidade e o silêncio das madrugadas. Não chore à beira do meu túmulo, eu não estou lá.
Estou no brilho das estrelas perfurando a noite e no cantar alegre dos pássaros. Não, não chorem tristes à beira do meu túmulo, eu não estou lá, eu não morri.
Eu sou a vida incessante e livre, que corre nas águas do rio.'
- Mary Elizabeth Frye

Hoje é um dia muito triste para mim, muito.

No dia em que o Grupo Carrefour Brasil perde o vice-presidente de seu Conselho e o país perde um de seus mais admirados empreendedores, eu também sinto a dor de perder alguém que, nos últimos quase três anos, foi um parceiro e uma fonte de inspiração e aprendizado. Mais que tudo isso, um amigo.

Apoio-me neste poema de Mary Elizabeth Frye para dizer que acredito que pessoas como o Abilio Diniz não morrem — permanecem vivas para sempre, por meio do legado e das lições que deixam para a sociedade e para todos os indivíduos cujas vidas impactaram.

Desde que aceitei o convite para liderar a operação brasileira da nossa empresa, em 2021, tive um guia que trouxe importantes contribuições para minha missão à frente do negócio.

Mas não só isso. Abilio era uma fonte de lições de vida. Abilio era um apaixonado por viver a vida com equilíbrio, sabedoria, entrega e dedicação ao próximo. Amou sua família, seus amigos e seu país, a cujo desenvolvimento se dedicou incansavelmente das mais variadas formas. E deixou um legado que nunca se apagará.

Serei para sempre grato por poder dizer que o Abilio não só fez parte da minha trajetória profissional, como também me inspirou a tentar ser alguém melhor dia após dia. E continuará inspirando.

Neste momento difícil, desejo força e conforto à família, aos amigos e aos tantos admiradores do inesquecível Abilio Diniz.

Sempre no meu coração, meu querido Abilio."

Mario Leão, presidente do Santander Brasil

"É com grande pesar que recebemos a notícia do falecimento de Abilio Diniz, um dos mais talentosos empresários e líderes de nosso país. Sua contribuição para a nossa economia e para o ambiente de negócios deixam um legado importante e servirão como uma inspiração para muitas gerações. Abilio será sempre admirado e lembrado por sua visão empreendedora única e pelas suas enormes conquistas, profissionais e pessoais. Junto de todos do Santander, deixo minhas sinceras condolências à família e aos amigos."

Alexandre Birman, CEO e CCO da Arezzo&Co

“Abílio Diniz foi um homem visionário que marcou a economia do Brasil em todas as pontas. Estive com ele em vários momentos e o mais recente foi em seu último programa, em que trocamos sobre nossa paixão mútua pelo empreendedorismo, pessoas e pelo avanço do nosso país. Me lembro muito bem das palavras sobre a importância da resiliência e da capacidade de inovar com agilidade, além da necessidade de estar sempre rodeado de pessoas incríveis, ouvindo quem está ao nosso lado. Afinal, como ele sempre dizia: lute para ser o melhor, ser o maior é consequência. Obrigado, Abílio. Seu legado será eterno."

Jean-Charles Naouri, presidente do Grupo Casino Guichard-Perrachon

"É com profunda tristeza que recebo a notícia do falecimento de Abilio Diniz, com quem tive o privilégio de conviver por quase duas décadas. Nesse momento de dor, gostaria primeiro de me solidarizar com sua família, a quem Abilio se dedicou durante toda sua vida. Abilio foi um empreendedor incansável e que acima de tudo jamais abandonou seu otimismo com o Brasil. Seu legado será sempre lembrado como um dos maiores nomes do varejo alimentar no mundo."

Luiza Helena Trajano, presidente do conselho de administração do Magazine Luiza

"Triste, pois o Brasil perde um grande líder, o varejo perde um de seus maiores aliados. Um brasileiro que assumia posições."

Nizan Guanaes, fundador da N. Ideias

"O Abilio é uma das maiores influências na minha vida. De grande empresário ele foi se transformando numa referência em outras dimensões humanas. Quantas gerações diferentes ele influenciou! Eu estou tão triste que não sei nem falar direito. Perdemos o Abilio que foi um grande e o Bilo, que foi ainda maior que o Abilio."

Fábio Barbosa, CEO da Natura &Co

"Um grande empresário, um grande líder, um grande brasileiro. Sempre apostou no Brasil e muito fez por um país melhor. Deixa um vazio."

Walter Schalka, presidente da Suzano

"Muito triste perdermos um grande brasileiro, que sempre com muita determinação e confiança investiu no Brasil criando oportunidades para muito(a)s!"

Claudio Lottenberg, presidente do Conselho do Hospital Albert Einstein e presidente institucional do Instituto Coalização Saúde (ICOS)

"Empresário e empreendedor nato, Abílio marcou a história ao exercer uma liderança admirável. Articulador junto ao mundo político e empresarial, trabalhou sem jamais deixar a função de pai zeloso e prestativo. Abílio foi um construtor de cultura empresarial, mas, sobretudo, de vida."

Júlio Costa, Diretor Presidente da Caramuru Alimentos S.A.

"Neste momento de luto, gostaríamos de nos solidarizar com familiares e amigos. Como uma empresa familiar e atuante no setor de varejo que teve em Abilio muitas aprendizagens, a companhia gostaria de ressaltar o enorme legado deixado pelo empresário, um pioneiro que tornou um negócio familiar em um dos maiores do mundo e ajudou milhares de brasileiros com a sua forma de empreender. Suas lições dentro do varejo serão sempre por nós lembradas: a forte e cativante liderança, a habilidade administrativa para tornar o Grupo Pão de Açúcar um dos mais longevos e de sucesso no País e o seu desejo ímpar de tornar o Brasil um país com um futuro melhor nos servem de exemplo e motivam a continuar trabalhando diariamente por esse ideal de sociedade por ele cultivado”.

Carlos Guilherme Nosé, CEO da Fesa

“O Brasil perdeu um de seus maiores empresários, uma das mentes mais brilhantes que inspirou gerações por seu empreendedorismo e competência. Abílio Diniz enxergou o país com um otimismo ímpar, mesmo em momentos de crise, e teve um papel crucial no desenvolvimento econômico e social brasileiro. Sem sombras de dúvidas, seu nome se destaca como um dos maiores do varejo alimentar no mundo. Sua figura transmitiu uma genuína vitalidade e dedicação ao trabalho. A história de Diniz traz grandes lições e nos deixou um valioso legado. Sua busca por excelência e a forma incessante que teve por melhorar e renovar o tornou uma pessoa única. Neste momento, reforço que me solidarizo com a tristeza de sua família e amigos.”

Carlos Francisco Jereissati, fundador do Grupo Iguatemi

"Perdi um amigo leal e querido, e, o Brasil, um ícone que contribuiu ativamente para o desenvolvimento econômico do nosso País. Humano, generoso e companheiro, nunca mediu esforços para fazer o certo e estar perto dos seus. É uma honra poder ter acompanhado sua caminhada e um privilégio maior ainda chamá-lo de amigo.

Abílio sempre foi um exemplo de resiliência e vigor. E é assim que continuará vivo em nossos corações. Sua crença firme no empreendedorismo e sua determinação em seguir em frente, independentemente dos desafios, serão muito mais do que lembranças. Seu legado permanecerá vivo em cada um de nós."

Rachel Maia, fundadora RM Consulting

"Sou grata pelas vezes que pude ser mentorada pelo Abílio. Nesta minha jornada em construção de Conselheira, ele me repetia sempre que estávamos em conversa:  'Rachel, a unanimidade é cega, não tenha medo de ser o diverso. Simples, direto e certeiro!".

Camila Farani, co-Fundadora da G2 Capital

"O que eu mais aprendi com o Abílio foi a ter o amor incondicional pelo Brasil. Ele também me ensinou que o equlíbrio entre saude, bem-estar, comunidade e trabalho é possível. Nós podemos ser agressivos nos negócios e que devemos olhar para dentro de nós e entender como nutrimos corpo e alma".

Luana Genot, fundadora e diretora do Instituto Identidades do Brasil

"O legado do Abílio é muito forte para o empreendedorismo brasileiro, especialmente sobre gestão, que ele resumiu em pessoas, times engajados e bem orientados. E o foco constante nas pessoas dá a direção para onde vai o negócio e para que cresça e floresça. O Abílio foi uma pessoa que conseguiu expandir seu negócio, que começou bem pequenininho, e por isso ele serve como inspiração para aqueles que querem construir seu próprio negócio".

Marcelo Limirio Filho, presidente da Linea Alimentos

"Abílio Diniz foi um dos grandes líderes brasileiros. Sua trajetória nos ensina que além do olhar empresarial e estratégico para os negócios ele teve a humildade de recomeçar, quando foi preciso, de arriscar, de persistir. Sua ousadia o levou a construir um império, sempre com uma visão pioneira. Sempre acreditou na saudabilidade e levou isso para dentro do seu negócio, despertando e oferecendo isso para a sociedade. Abílio foi um protagonista ao romper essa barreira, trouxe um novo despertar para a condição da alimentação e estilo de vida. Investiu em sua saúde e nos esportes, mostrando que embora tenha sido um homem extraordinário, também somos feitos de carne e osso."

Kátia Barros, cofundadora da Farm

"Abílio Diniz, um gigante do varejo no Brasil e um empresário super visionário, nos mostrou que dá pra acreditar no Brasil e fazer sucesso. Ele é a prova viva de que com muita dedicação, inovação e sonhos , a gente pode ir longe e ajudar nosso país a crescer."

Acompanhe tudo sobre:Abilio DinizMortesVarejo

Mais de Invest

Falas de nova CEO da Petrobras acalmam o mercado, mas desconfiança permanece entre analistas

Ibovespa abre em alta de olho em prévia da inflação abaixo do esperado

Imposto de Renda 2024: quem ainda não declarou pode receber restituição maior

Banco BMG vende participação em empresa de pagamentos Granito ao Inter por R$ 110 milhões

Mais na Exame