Acompanhe:

Tóquio cai 0,65% com temores sobre aperto na China

Alta inflação chinesa influenciou mercados japoneses

Índice Nikkei 225 recuou 0,65% e fechou aos 9.591,52 pontos (Getty Images)

Índice Nikkei 225 recuou 0,65% e fechou aos 9.591,52 pontos (Getty Images)

R
Roberto Carlos dos Santos

15 de abril de 2011, 06h55

Tóquio - A Bolsa de Tóquio fechou em baixa, após os dados oficiais de Pequim que relataram alta na inflação na China em março. A expectativa sobre a continuidade das medidas de aperto do governo chinês derrubou as ações de empresas japonesas com forte exposição no país, como Komatsu and Fanuc.

O índice Nikkei 225 recuou 0,65% e fechou aos 9.591,52 pontos, contra o ganho de 0,13% registrado na quinta-feira. O sentimento do mercado foi fraco desde o início da sessão, diante de um iene modestamente firme e após a gigante da Internet Google registrar um decepcionante aumento de 18% no lucro do 1º trimestre. As informações são da Dow Jones