Invest

Rede D’Or, Hapvida e SulAmérica disparam até de 6%; entenda

Dados de beneficiários de junho apresentados pela ANS aumentam expectativas com resultados das empresas

Divulgação da ANS aumentou a expectativa pelos balanços das empresas do setor (Regis Duvignau/Reuters)

Divulgação da ANS aumentou a expectativa pelos balanços das empresas do setor (Regis Duvignau/Reuters)

BQ

Beatriz Quesada

Publicado em 8 de agosto de 2022 às 15h48.

Última atualização em 8 de agosto de 2022 às 17h28.

Ações de empresas de saúde dispararam mais de 6% nesta segunda-feira, 8, liderando os ganhos do pregão. 

Os papéis reagem aos dados de beneficiários de junho apresentados pela Agência Nacional de Saúde (ANS), mostrando que os planos de saúde adicionaram 248 mil membros no último mês. 

A divulgação aumentou a expectativa dos investidores pelos balanços das empresas do setor. Rede D’Or (RDOR3), Hapvida (HAPV3) e SulaAmérica (SULA11) apresentam seu resultado após o fechamento do pregão na quinta-feira, 11.

Dados da Hapvida estão entre os destaques divulgados pela ANS. No trimestre, a empresa adicionou 164 mil novos clientes em assistência médica, alta de 1,8%, e 269 mil em assistência odontológica, alta de 4,3%. 

Analistas do BTG Pactual, no entanto, que o segundo e terceiro trimestres são os trimestres mais fortes do ano em termos de vendas para o setor. “Sinalizamos que os dados da ANS podem ser enganosos (como vimos nos casos de Odontoprev e Bradesco Saúde neste trimestre)”, afirmam em relatório.

O banco mantém preferência setorial para os papéis de Rede D’Or, SulAmérica, Hapvida, Viveo e Mater Dei, “pois parecem bem posicionados para jogar a tendência de crescimento e consolidação do mercado no setor de saúde”.

Veja também

Acompanhe tudo sobre:Açõesbolsas-de-valoresHapvidaIbovespaPlanos de saúdeRede D’Or São LuizSaúdeSulAmérica

Mais de Invest

‘Independência financeira liberta’: Women in Finance discute gestão patrimonial para mulheres

Bancos centrais compram um quinto do ouro do mundo e querem aumentar aposta

Quina de São João: veja os números mais sorteados da história

Ibovespa sobe e recupera os 120 mil antes de decisão do Copom; dólar bate máxima em 18 meses

Mais na Exame