Oi (OIBR3): Highline faz proposta de até R$ 1,7 bi por 8 mil sites de infraestrutura

Oferta estaria em linha com estratégia de transformação e com Plano de Recuperação Judicial, segundo a Oi
OI (OIBR3) (Paulo Whitaker/Reuters)
OI (OIBR3) (Paulo Whitaker/Reuters)
Guilherme Guilherme
Guilherme Guilherme

Publicado em 01/08/2022 às 08:26.

Última atualização em 01/08/2022 às 08:29.

A Oi (OIBR3) recebeu uma proposta vinculante da Highline de até R$ 1,697 bilhão por 8.000 sites de infraestrutura de telecomunicações de operação fixa. A oferta foi divulgada em fato relevante publicado nesta segunda-feira. 1.

A oferta, realizada pela NK 108, filiada da Highline, prevê o pagamento de R$ 1,088 bilhão no fechamento da operação. A outra parte, de até R$ 609 milhões será variável de acordo com a quantidade de infraestrutura utilizada e paga até 2026.

"A proposta vinculante está em linha com a implementação do Plano Estratégico de transformação das operações da companhia e suas subsidiárias e com o Aditamento ao Plano de Recuperação Judicial", afirmou a Oi.

O modelo de aquisição a ser utilizado será por meio da compra de todas as ações de uma sociedade anônima de propósito específico (SPE) formada pelo sites de infraestrutura.

A transição precisará ocorrer por meio de leilão e sua conclusão ainda depende de aprovações de órgãos regulatórios, como Cade e Anatel.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.