Ex-empresas de Eike revertem prejuízo e ações sobem forte

OGPar, OGX e MMX tiveram segundo semestre mais animador; ações chegaram a subir 15%

	Eike Batista: empresas que já pertenceram ao seu império tiveram 2° trimestre mais animador
 (Douglas Engle/Bloomberg News)
Eike Batista: empresas que já pertenceram ao seu império tiveram 2° trimestre mais animador (Douglas Engle/Bloomberg News)
Por Rita AzevedoPublicado em 15/08/2016 12:19 | Última atualização em 15/08/2016 12:19Tempo de Leitura: 13 min de leitura

São Paulo — As ex-empresas de Eike Batista registravam ganhos nesta segunda-feira (15), após a divulgação de resultados aos investidores.

Durante a manhã, os papéis da Oléo e Gás Participações (OGXP3) chegaram a subir 15% e eram cotados a 7,09 reais na máxima do dia.

De abril a junho, a holding registrou lucro líquido de quase 35,5 milhões de reais. No mesmo período do ano passado, a companhia teve prejuízo de quase 67,6 milhões de reais.

OGX

A OGX Petróleo e Gás fechou o segundo trimestre com lucro líquido de 127,37 milhões de reais, revertendo o prejuízo de 251,32 milhões registrado no mesmo período de 2015. 

No dia, os papéis da empresa (OGSA3) registravam ganhos de mais 9% no dia e eram cotados a 3,10 reais por volta do meio-dia.

MMX

As ações da MMX (MMXM3) também tinham um dia de alta. Os papéis da antiga empresa de minério do império de Eike chegaram a subir 14% e eram cotados a 6,30 reais na máxima do dia. 

No segundo trimestre do ano, a mineradora registrou lucro de 5,1 milhões de reais. De abril a junho do ano passado, a companhia teve um prejuízo de 50,1 milhões de reais.