Acompanhe:

Embraer (EMBR3) sobe 4% após superpedido da American Airlines

Companhia aérea americana encomendou 133 jatos E175, sendo 90 pedidos firmes com direito de compra de outros 43; valor da compra poderá superar US$ 7 bilhões

Modo escuro

Continua após a publicidade
Aeronave E-175 da Delta Airlines: modelo é bastante utilizado em trajetos regionais nos EUA (Nicolas Economou/NurPhoto via/Getty Images)

Aeronave E-175 da Delta Airlines: modelo é bastante utilizado em trajetos regionais nos EUA (Nicolas Economou/NurPhoto via/Getty Images)

As ações da Embraer sobem cerca de 4,3% na tarde desta segunda-feira, 4, com investidores reagindo ao anúncio de que a companhia aérea American Airlines realizou o pedido de 133 jatos E175. Desse total, foram 90 pedidos firmes com direito de compra de outros 43. A Embraer informou que o valor total da compra deverá superar US$ 7 bilhões, caso todas as 133 aeronaves sejam entregues.

Os valores referentes aos pedidos firmes entrarão na carteira de pedidos da Embraer do primeiro trimestre do ano.

A encomenda da American Airlines aumenta em 90% os pedidos firmes de E-175 em carteira, considerando a quantidade referente ao fim do quarto trimestre. Já o valor da carteira de pedidos pode aumentar em cerca de 40%, caso as aeronaves adicionais sejam requeridas.

Com a alta de hoje, as ações da Embraer passam a acumular 22,3% de valorização no ano e 88% desde o ano passado.

O maior pedido da American Airlines

As aeronaves serão entregues com 76 assentos.  As aeronaves deverão ser usadas em trajetos regionais, conectando mercados menores com sua malha global, posicionada em aeroportos maiores. Com a compra, a American Airlines pretende aposentar todas as aeronaves com até 50 assentos até o fim da década. O pedido é o maior já realizado pela American Airlines.

 “O E175 é a verdadeira espinha dorsal da aviação regional dos Estados Unidos, conectando todos os cantos do país. O E175 é uma das aeronaves de maior sucesso do mundo e foi aperfeiçoado com uma série de modificações que melhoraram o consumo de combustível em 6,5%", afirma em nota Arjan Meijer, presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial.

Com os 90 pedidos firmes realizados nesta segunda, a Embraer chega a 837 aeronaves E175 vendidas. Segundo a companhia, o modelo tem 88% de participação de mercado no segmento.

Confira as últimas notícias de Invest:

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Ibovespa fecha estável e encerra maior sequência de quedas do ano
seloMercados

Ibovespa fecha estável e encerra maior sequência de quedas do ano

Há 22 horas

Privatização da Sabesp e balanços de Netflix e TSMC: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

Privatização da Sabesp e balanços de Netflix e TSMC: 3 assuntos que movem o mercado

Há um dia

Brasil sofre duas vezes com a alta do petróleo, diz Alexandre Silverio, CEO da Tenax Capital
seloMercados

Brasil sofre duas vezes com a alta do petróleo, diz Alexandre Silverio, CEO da Tenax Capital

Há 2 dias

Itaú vê espaço para consolidação no setor de saúde e aponta quem irá liderar de M&As
seloMercados

Itaú vê espaço para consolidação no setor de saúde e aponta quem irá liderar de M&As

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais