Acompanhe:

China volta em alta, feriado nos EUA e prévia do PIB do Brasil: 3 assuntos que movem o mercado

Bolsas operam sem direção definida, com índices próximos das máximas históricas; ausência de investidores americanos tende a reduzir liquidez

Modo escuro

Continua após a publicidade
Bolsa da China: Shangai Composite sobe após feriado de uma semana (China Photos/Getty Images/Getty Images)

Bolsa da China: Shangai Composite sobe após feriado de uma semana (China Photos/Getty Images/Getty Images)

As bolsas internacionais operam sem uma direção definida na manhã desta segunda-feira, 19, com os principais índices de ações próximos da máxima histórica. Na Europa, os investidores interromperam o rali para as bolsas após o Stoxx 600 bater o maior patamar desde janeiro de 2021.

Feriado nos EUA

O pregão desta segunda tende a ter menor liquidez, sem os americanos, que celebram o feriado do Dia do Presidente. Índices futuros de Nova York oscilam perto da estabilidade, mas não haverá pregão à vista.

China volta em alta

Já a China, que esteve parada por uma semana em razão do Ano Novo Lunar, retomou as negociações em alta nesta madrugada. O principal índice de ações chinês, o Shangai Composite subiu 1,56%, com expectativas de que o consumo tenha aumentado durante o feriadão chinês.

Prévia do PIB

No Brasil, investidores se preparam para uma semana recheada de balanços corporativos. Entre os mais esperados estão os resultados da Vale e Weg.

Mas, na manhã desta segunda, as atenções deverão estar com os números do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) de dezembro. O indicador é considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.  A expectativa para o IBC-Br de hoje é de uma alta de 0,75%.

O Focus, tradicionalmente divulgado no início da semana, terá divulgação adiada.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Bolsas na Ásia caem com possibilidade de reação de Israel contra o Irã
seloMercados

Bolsas na Ásia caem com possibilidade de reação de Israel contra o Irã

Há 3 horas

Bolsas da Europa fecham mistas, com repercussão de perspectivas para Irã e Israel
seloMercados

Bolsas da Europa fecham mistas, com repercussão de perspectivas para Irã e Israel

Há 20 horas

Ibovespa cai e fecha no pior patamar do ano com ataque de Irã a Israel e mudança de meta fiscal
seloMercados

Ibovespa cai e fecha no pior patamar do ano com ataque de Irã a Israel e mudança de meta fiscal

Há um dia

Tensões no Oriente Médio, juros na China e prévia da Eztec: os assuntos que movem o mercado
seloMercados

Tensões no Oriente Médio, juros na China e prévia da Eztec: os assuntos que movem o mercado

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais