Invest

Cade aprova compra da SulAmérica (SULA11) por Rede D'Or (RDOR3)

Operação tinha sido alvo de recurso de concorrentes, como Hospital Sírio-Libanês, Albert Einstein e Mater Dei,

Rede D'Or: compra da SulAmérica pela Rede D'Or foi firmada em 23 de fevereiro (Ricardo Moraes/Reuters)

Rede D'Or: compra da SulAmérica pela Rede D'Or foi firmada em 23 de fevereiro (Ricardo Moraes/Reuters)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra da SulAmérica (SULA11) pela Rede D'Or (RDOR3)

O operação havia sido aprovada sem restrições pela Superintenência-Geral (SG) do Cade em despacho proferido em 7 de novembro, com prazo de 15 dias a partir de sua publicação para eventuais manifestações de terceiros. Nove entidades entraram, então, com recurso contra a transação, sendo elas: Hospital Sírio-Libanês, Albert Einstein, Mater Dei, AC Camargo, Hospital Oswaldo Cruz, Supermed, Benevix, Beneficência Portuguesa e o Hospital do Coração.

No fim de novembro, o conselheiro-relator do caso, Luiz Augusto de Azevedo de Almeida Hoffmann estabeleceu 10 dias para as duas se defenderem, considerando que "as recorrentes trazem em seus recursos questões importantes para o escrutínio antitruste" que, segundo elas, não teriam sido adequadamente analisadas pela SG do Cade.

A compra da SulAmérica pela Rede D'Or foi firmada em 23 de fevereiro. Pelas condições acordadas, os acionistas da SulAmérica passarão a integrar a base da Rede D'Or após a conclusão do negócio, passando a ter 13,5% de participação na nova empresa, excluídas as ações em tesouraria.

Esse montante, na data de fechamento do negócio, compreenderia a emissão de 0,2561 nova ação da Rede D'Or para cada ação ordinária uo preferencial da SulAmérica ou 0,7683 nova ação por unit, perfazendo um total de 307,68 milhões de ações a serem emitidas em favor dos acionistas da SulAmérica.

 

Acompanhe tudo sobre:CadeFusões e AquisiçõesRede D’Or São LuizSulAmérica

Mais de Invest

O que são herdeiros necessários? Entenda neste artigo

O que é equity e como o investimento funciona?

Conheça o novo lançamento do BTG Pactual: Crédito por Investimentos

Nvidia tem forte queda e perde US$ 500 bi após ter se tornado empresa mais valiosa do mundo

Mais na Exame