Invest

Bolsas na Ásia caem com possibilidade de reação de Israel contra o Irã

Também nesta terça, o crescimento da China no 1º trimestre superou as expectativas

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 16 de abril de 2024 às 06h47.

Os mercados da região Ásia-Pacífico reagiram negativamente nesta terça-feira à possibilidade de Israel atacar o Irã em resposta aos disparos de drones e mísseis realizados no final de semana. Apesar da tensão, o crescimento da China acima do esperado no primeiro trimestre animou um pouco os investidores.

Nesta terça, o índice Kospi, da Coreia do Sul, liderava as perdas na região, caindo 2,28%. Já o Nikkei 225 caiu 1,94%, atingindo seu nível mais baixo em quase dois meses. Durante a noite, o iene valia 154,49 dólares, seu nível mais fraco desde junho de 1990.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 caiu 1,81%, marcando a quarta queda seguida e sua pior baixa em dois meses.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 2,12%. Já o CSI 300 (Xangai e Shenzhen) teve queda de 1,%.

Também nesta terça-feira, a economia da China cresceu 5,3% no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, taxa maior que os 4,6% esperado pelos economistas consultados pela Reuters.

Na noite desta segunda-feira, os principais índices do mercado norte-americano recuaram com o aumento das preocupações em razão de uma possível escalada no conflito entre Irã e Israel. O Dow Jones perdeu 0,65%, tendo seu sexto dia seguido de perdas, algo não visto desde junho.

Já o S&P 500 caiu 0,88%. O Nasdaq recuou 1,79% puxado pelos resultados abaixo do esperado de Salesforce e outras empresas de tecnologia.

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valores

Mais de Invest

Desenrola chega ao fim com queda de 8,7% na inadimplência entre a população mais vulnerável

IR 2024: Receita Federal libera maior lote da história nesta quinta-feira; veja quem recebe

Yduqs (YDUQ3) dispara 10% após divulgar projeções de crescimento em encontro com investidores

Leilão da Polícia Federal tem carros a partir de R$ 3 mil; veja como participar

Mais na Exame