Mundo

Grande incêndio atinge o edifício da antiga bolsa de Copenhague

O edifício é uma das construções mais antigas de Copenhague e passava por obras de restauração. A causa do incêndio não foi determinada

Incêndio: chamas atingem antiga bolsa Copenhague (Ida Marie Odgaard/Ritzau Scanpix/AFP)

Incêndio: chamas atingem antiga bolsa Copenhague (Ida Marie Odgaard/Ritzau Scanpix/AFP)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 16 de abril de 2024 às 07h46.

Última atualização em 16 de abril de 2024 às 07h59.

Um grande incêndio afetou, nesta terça-feira, 16, o edifício da antiga bolsa de Copenhague, do século XVII, e sua emblemática agulha desabou entre as chamas.

A agulha, de 54 metros, foi envolvida pelas chamas no edifício, encomendado pelo rei Cristian IV e construído entre 1619 e 1640.

O edifício é uma das construções mais antigas de Copenhague e passava por obras de restauração. A causa do incêndio não foi determinada.

O prédio, próximo do Parlamento da Dinamarca, abrigou a sede da Bolsa de Copenhague até a década de 1970 e é atualmente a sede da Câmara de Comércio Dinamarquesa.

A polícia isolou parte do centro da capital, para ajudar os bombeiros na operação de combate às chamas. "Estamos diante de um cenário terrível", afirmou a Câmara de Comércio.

Acompanhe tudo sobre:Incêndiosbolsas-de-valores

Mais de Mundo

Ucrânia afirma que impediu avanço em alguns pontos da região de Kharkiv

O que esperar de Putin na China — e por que os países estão mais próximos do que nunca

Primeiro-ministro da Eslováquia baleado: o que se sabe até agora sobre o atentado

Chefe da inteligência americana alerta para o aumento das ameaças às eleições de 2024

Mais na Exame