Acompanhe:

As bolsas da Europa fecharam com viés negativo, pressionadas por dados fracos da zona do euro e da China, maior parceiro comercial do bloco, o que levanta preocupações sobre a recuperação econômica das regiões.

Em Lisboa, o mercado acionário caiu mais de 2%, após o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, renunciar ao cargo em meio a escândalo de corrupção.

Em Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 0,10%, aos 7.410,04 pontos. Em Frankfurt, o DAX subiu 0,11%, aos 15.152,64 pontos. Em Paris, o CAC 40 recuou 0,39%, aos 6.986,23 pontos. Em Madri, o Ibex 35 teve perdas de 0,06%, aos 9.235,90 pontos. Em Milão, o FTSE MIB caiu 0,69% hoje, aos 28.395,90 pontos. As cotações são preliminares.

O mercado acionário europeu abriu em baixa neste pregão, na esteira de queda de 1,4% na produção industrial da Alemanha em outubro ante setembro. Na visão do ING, o dado - junto a outros indicadores industriais recentes - sugere que a fraqueza do setor deve continuar e pesar sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). O banco holandês projeta que o PIB alemão pode ser, inclusive, revisado para baixo no terceiro trimestre e terminar este ano em uma recessão técnica.

A forte desaceleração da maior economia da zona do euro ampliou preocupações sobre o crescimento do bloco, ao lado também da deflação no índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) - que caiu 12,4% na taxa anual de setembro - e da queda robusta nas exportações da China. Vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos projetou que a economia europeia deve contrair ou permanecer estagnada no quarto trimestre.

Investidores também seguiram de olho na temporada de balanços. Hoje, o UBS divulgou prejuízo trimestral maior do que o esperado diante do custo de integração do Credit Suisse, mas agradou em termos de receita e novos depósitos. No fechamento, a ação do banco suíço avançava 2,15% em Zurique.

Em Lisboa, o índice PSI20 fechou em queda de 2,54%, a 6.227,35 pontos. A bolsa portuguesa foi abalada pela renúncia do primeiro-ministro António Costa, após abertura de uma investigação pelo Supremo Tribunal da Justiça sobre suspeita de corrupção em uma licitação para explorar lítio na fronteira com a Espanha.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Meta de crescimento da China, assembleia da Oi e follow-on do GPA: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

Meta de crescimento da China, assembleia da Oi e follow-on do GPA: 3 assuntos que movem o mercado

Há 3 horas

Bolsas da Europa fecham em queda, com expectativa sobre reunião do BCE
seloMercados

Bolsas da Europa fecham em queda, com expectativa sobre reunião do BCE

Há 21 horas

Ibovespa fecha em queda acompanhando NY e à espera de sinais dos juros nos EUA
seloMercados

Ibovespa fecha em queda acompanhando NY e à espera de sinais dos juros nos EUA

Há um dia

Possível cessar-fogo em Gaza, inflação turca e Bitcoin a US$ 65 mil: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

Possível cessar-fogo em Gaza, inflação turca e Bitcoin a US$ 65 mil: 3 assuntos que movem o mercado

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais