Mercados

BHG, Estrela e Manguinhos recebem alerta da CVM

Empresas estão há mais de três meses sem cumprir obrigações de envio de informações

Hotel da BHG: empresa informou que o formulário de referência estava disponível, mas as informações não foram inseridas no sistema  (Divulgação/EXAME.com)

Hotel da BHG: empresa informou que o formulário de referência estava disponível, mas as informações não foram inseridas no sistema (Divulgação/EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 11 de julho de 2012 às 14h06.

 

São Paulo – A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou hoje (5/1) uma lista com 29 companhias abertas que, há pelo menos três meses, não cumprem suas obrigações periódicas. Entre as listadas estão companhia hoteleira BHG, a fabricante de brinquedos Estrela e a refinaria de petróleo Manguinhos.

As 29 empresas não apresentaram documentos com prazo de entrega anterior a 4 de outubro do ano passado, até a divulgação do alerta. Não fazem parte dessa lista as companhias que estejam, segundo o cadastro da CVM, em situação de falência ou liquidação, bem como as companhias que se encontram com seus registros suspensos.

Segundo a CVM, o comunicado serve de alerta aos investidores. Caso as empresas continuem a descumprir as obrigações, elas podem ter seu registro cancelado pela CVM e, dessa forma, serem chutadas para fora da Bolsa.

“O objetivo desse comunicado é alertar aos investidores e ao público em geral que considerem essa informação nas suas relações com as citadas companhias abertas, ou nas suas decisões de investimento”, informou a CVM, em comunicado.

 A BHG informou que o formulário de referência estava disponível, mas as informações não foram inseridas no sistema e isso está sendo corrigido.

 

Veja a lista completa das empresas.

 

   Denominação Social
 1  3A COMPANHIA SECURITIZADORA
 2  AGV HOLDING
 3  BHG S.A. – BRAZIL HOSPITALITY GROUP
 4  BIOMM S.A.
 5  BOTUCATU TÊXTIL S.A.
 6  CEL PARTICIPAÇÕES S.A. - CELPAR
 7  CIMOB PARTICIPAÇÕES S.A.
 8  ENERGIPAR CAPTAÇÃO S.A.
 9  FENICIAPAR S.A.
 10  FERRAGENS DEMELLOT S.A.
 11  FOCUS CIA SEC. DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS
 12  GLOBAL BRASIL S.A.
 13  IND. MAQS. AGRÍCOLAS FUCHS S.A.
 14  JOSAPAR – JOAQUIM OLIVEIRA S.A. PARTICIP.
 15  LARK S.A. MAQ. E EQUIPAMENTOS
 16  LOJAS ARAPUÃ S.A.
 17  MANUFATURA DE BRINQUEDOS ESTRELA S.A.
 18  MARAMBAIA ENERGIA RENOVÁVEL S.A.
 19  MÁXIMA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS S.A.
 20  MOURA DUBEUX ENGENHARIA S.A.
 21  NEUMARKT TRADE AND FINANCIAL CENTER S.A.
 22  PREDILETO ALIMENTOS S.A.
 23  REFINARIA PET MANGUINHOS S.A.
 24  SANESALTO SANEAMENTO S.A.
 25  SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.
 26  SNB PARTICIPAÇÕES S.A.
 27  TAIPE TRANCOSO EMPREENDIMENTOS S.A.
 28  TECBLU – TECELAGEM BLUMENAU S.A.
 29  TÊXTIL RENAUXVIEW S.A.
Acompanhe tudo sobre:América LatinaBHGCVMDados de BrasilEmpresasGás e combustíveisGP InvestmentsHoldingsPetróleoRefit – Refinaria de ManguinhosRestaurantes

Mais de Mercados

Nvidia tem forte queda e perde US$ 500 bi após ter se tornado empresa mais valiosa do mundo

Shein protocola pedido confidencial de IPO em Londres, segundo CNBC

Ibovespa fecha em alta pelo 5º pregão seguido e recupera os 122 mil pontos de olho em dados e Magalu

Smart Fit (SMFT3) confirma intenção de compra da academia Velocity

Mais na Exame