Acompanhe:

A reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano) costuma ser o assunto da semana no mercado de ações americano. Mas, desta vez, as atenções se voltam mais para o balanço da Apple.

Balanço da Apple

A empresa mais valiosa do mundo, com peso de 7,2% no índice S&P 500, enfrenta uma queda nas vendas de smartphones, e um de seus principais fornecedores está sob investigação na China. O balanço que será divulgado na quinta-feira, um dia depois da decisão do Fed, deve mostrar declínio nas receitas pelo quarto trimestre consecutivo, a maior sequência em mais de duas décadas.

Ações de outros gigantes de tecnologia afundaram este mês, mesmo depois de divulgarem lucros altos, porque os investidores esperavam mais em outros indicadores importantes para os negócios. O mercado também não deve perdoar se a Apple mostrar fraqueza.

Meses de perdas

A ação da fabricante do iPhone caminha para o terceiro mês consecutivo de perdas, o que não acontecia desde meados do ano passado. A queda recente já eliminou cerca de R$ 460 bilhões do valor de mercado da empresa, que atingiu cerca de US$ 3,1 trilhões no final de julho.

“Se a qualidade dos resultados se deteriorar nas big techs — que têm sido um grande fator de apoio para as ações este ano — será uma esperança a menos para os otimistas se agarrarem”, disse em entrevista Ed Clissold, estrategista-chefe para EUA da Ned Davis Research.

A Apple é grande o suficiente para influenciar por si só os retornos do S&P 500, mas também pode afetar outros papéis. O S&P 500 e o Nasdaq 100 já caíram cerca de 10% em relação aos picos de julho.

É claro que a decisão do Fed ainda é importante, mas o mercado espera que o banco central americano mantenha os juros inalterados, sem grandes surpresas. 

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Apple rejeita relatório sobre uso transparente da inteligência artificial
Tecnologia

Apple rejeita relatório sobre uso transparente da inteligência artificial

Há 2 dias

Inflação nos EUA: o que esperar do PCE de janeiro - e por que é decisivo para os juros americanos?
seloMercados

Inflação nos EUA: o que esperar do PCE de janeiro - e por que é decisivo para os juros americanos?

Há 2 dias

Fed diz que moedas digitais de outros países podem causar "erosão" do dólar
Future of Money

Fed diz que moedas digitais de outros países podem causar "erosão" do dólar

Há 3 dias

Apple desiste de carro elétrico, EUA revisa PIB e balanços: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

Apple desiste de carro elétrico, EUA revisa PIB e balanços: 3 assuntos que movem o mercado

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais