Invest

Alphabet, dona do Google, amplia lucro mas decepciona com receita de publicidade

Analistas esperavam US$ 10 bilhões a mais de receita publicitária; ações recuam

Google: bigtech apresentou números abaixo do esperado com anúncios (Mateusz Slodkowski/Getty Images)

Google: bigtech apresentou números abaixo do esperado com anúncios (Mateusz Slodkowski/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 30 de janeiro de 2024 às 20h01.

Última atualização em 30 de janeiro de 2024 às 20h49.

A Alphabet, controladora do Google, registrou lucro líquido de US$ 20,69 bilhões no quarto trimestre de 2023, com lucro por ação ajustado de US$ 1,64, acima da previsão de US$ 1,59 dos analistas ouvidos pela FactSet. O resultado representa ainda um crescimento, na comparação com o lucro líquido de US$ 13,62 bilhões, ou US$ 1,05 por ação ajustado, de igual período de 2022.

A receita da companhia foi de US$ 86,31 bilhões, crescimento anual de 13%. Neste caso, a projeção do mercado era de US$ 85,2 bilhões. A receita operacional ficou em US$ 23,69 bilhões, de US$ 18,16 bilhões nos três meses encerrados em dezembro de 2022.

A Alphabet também registrou crescimento na receita com anúncios do Google, de US$ 59,04 bilhões a US$ 65,52 bilhões na mesma base comparativa. O valor, porém, ficou abaixo do que os analistas ouvidos pela FactSet esperavam, que era próximo de US$ 65,79 bilhões.

Após o balanço, a ação da companhia recuava 4,27% no after hours em Nova York, às 18h30 (de Brasília).

Confira as últimas notícias de Invest:

Acompanhe tudo sobre:AlphabetGoogle

Mais de Invest

Lucro da Tesla recua 48% no 1º tri, mas expectativa por carros mais acessíveis anima investidor

Na ‘guerra fria’ entre China e EUA, quem sai ganhando é o Brasil?

Receba dividendos em dólar: veja como aproveitar a alta do dólar com ações americanas

Justiça Federal libera quase R$ 2,4 bilhões para pagamentos atrasados do INSS; veja como consultar

Mais na Exame