Invest

AIE reduz projeção para demanda global por petróleo em 2024 após começo de ano fraco

Em relatório publicado nesta quarta-feira, 15, a organização com sede em Paris agora prevê que a demanda mundial por petróleo aumentará 1,1 milhão de barris por dia (bpd) em 2024

Petroleo: Para 2025, por outro lado, a AIE elevou sua projeção para o avanço na demanda, de 1,1 milhão de bpd para 1,2 milhão de bpd (Anton Petrus/Getty Images)

Petroleo: Para 2025, por outro lado, a AIE elevou sua projeção para o avanço na demanda, de 1,1 milhão de bpd para 1,2 milhão de bpd (Anton Petrus/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 15 de maio de 2024 às 08h13.

Tudo sobrePetróleo
Saiba mais

A Agência Internacional de Energia (AIE) cortou sua previsão para a alta na demanda global por petróleo este ano, à medida que a atividade industrial moderada e as temperaturas amenas do inverno reduziram o consumo de diesel em algumas das maiores economias do mundo, em especial na Europa.

Hemisfério Norte teve o verão de 2023 mais quente em 2.000 anos

Em relatório publicado nesta quarta-feira, 15, a organização com sede em Paris agora prevê que a demanda mundial por petróleo aumentará 1,1 milhão de barris por dia (bpd) em 2024. No documento anterior, a estimativa era de avanço de 1,2 milhão de bpd. Apesar do ajuste, espera-se ainda que o consumo total este ano fique em 103,2 milhões de bpd.

A revisão foi motivada por avanço menor do que o esperado no primeiro trimestre, com a demanda por petróleo em países integrantes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sofrendo contração de 70 mil bpd em termos anuais. O consumo de diesel na Europa teve queda de 140 mil bpd no trimestre.

Receita da Rússia com venda de petróleo cresce 82,2% nos quatro primeiros meses de 2024

Avanço da demanda

Para 2025, por outro lado, a AIE elevou sua projeção para o avanço na demanda, de 1,1 milhão de bpd para 1,2 milhão de bpd, o que traria o total no ano a 104,3 milhões de bpd.

Ainda no relatório, a AIE cortou sua previsão para a alta na oferta de petróleo fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) este ano, de 1,6 milhão de bpd para 1,4 milhão de bpd, mas reafirmou sua expectativa para 2025, em 1,4 milhão de bpd.

Em relação à oferta total de petróleo, a projeção para este ano foi reduzida de 102,9 milhões de bpd para 102,7 milhões de bpd. Para 2025, no entanto, a AIE segue prevendo aumento do volume para 104,5 milhões de bpd.

(Com Dow Jones Newswires)

Acompanhe tudo sobre:Indústria do petróleoPetróleoANPAIEA

Mais de Invest

Mudança de comando na Petrobras, Selic em dois dígitos e inflação americana: o que move o mercado

Bairro da Zona Leste de SP tem anúncio de preço mais distante do real; saiba qual

Pré-mercado: ações da Petrobras caem mais de 8% após saída de Prates

Lucro da Porto cresce 90,2% e atinge R$ 651 milhões no 1º trimestre

Mais na Exame