Acompanhe:

O que são criptoativos e como funcionam?

Nos últimos anos, o mercado financeiro registrou uma forte demanda dos investidores por criptoativos. Mas o que são eles?

 (Getty/Getty Images)

(Getty/Getty Images)

D
Da Redação

14 de setembro de 2022, 14h58

O aumento na popularidade aliado aos avanços tecnológicos contribuem para tornar esse mercado ainda mais promissor em um futuro não muito distante.

Mas afinal, você sabe o que são criptoativos?

O que são criptoativos? 

Criptoativos são ativos digitais transacionados de forma eletrônica que podem ser utilizados para investir e especular, transferir valores ou ainda, para acessar serviços.

Apesar de todas essas funcionalidades, de acordo com a Receita Federal, um criptoativo não pode ser considerado uma moeda de curso legal.

Isso significa que o criptoativo não pode ser usado para quitar dívidas públicas ou privadas e nem para outras obrigações financeiras como pagar multas e impostos.

Vale destacar ainda que os cripoativos funcionam de forma descentralizada. Então, as informações são distribuídas em uma rede ponto a ponto (peer-to-peer, ou P2P, em inglês) de computadores espalhados pelo mundo.

Sendo assim, não há a interferência de nenhuma autoridade central para manter ou estabilizar o valor de um criptoativo.

Se por um lado isso evita possíveis manipulações do governo para controlar o fluxo de moeda, por outro você não tem a quem recorrer caso seu dinheiro seja roubado, por exemplo.

Encontre investimentos rentáveis de renda fixa e de baixo risco para construir patrimônio com toda a segurança do BTG Pactual. Abra sua conta com taxa zero.

Qual a diferença entre criptomoeda e criptoativo?

Importante destacar ainda que criptoativo não é a mesma coisa que criptomoeda. Na verdade, toda e qualquer criptomoeda será sempre um criptoativo, mas o inverso não é verdadeiro.

Nesse sentido, as criptomoedas são apenas uma das categorias de criptoativos. Ao investir em Bitcoins, por exemplo, você estará investindo em um criptoativo que se classifica como criptomoeda. 

Quais são os principais tipos de criptoativos?

Agora que você já entendeu que criptoativo não é a mesma coisa que criptomoeda, selecionamos alguns dos principais negociados no mercado:

Criptomoeda

A criptomoeda (ou moeda virtual) é provavelmente o tipo mais conhecido de criptoativo.

Ela é uma moeda digital usada como meio para trocar produtos ou serviços. Pode ser usada ainda para fins especulativos e de investimentos.

Entre as criptomoedas que mais em alta no mercado atualmente estão:

  • Bitcoin
  • Ether
  • Riplle
  • Litecoin

NFTs 

O NFT (tokens não-fungíveis) é um ativo digital que representa bens tangíveis e intangíveis como obras de arte, músicas, itens de videogames, imóveis, entre outros. 

Eles são comprados e vendidos online, frequentemente com criptomoedas. A blockchain mais usada na criação de NFTs é o Ethereum.

Stablecoins

As Stablecoins são moedas digitais construídas para oferecer mais estabilidade do que outras criptomoedas.

Nesse sentido ela reúne a segurança da tecnologia blockchain e a estabilidade do dinheiro fiduciário.

Isso acontece porque as stablecoins podem estar vinculadas a moedas fiduciárias, metais preciosos ou commodities.

Finanças descentralizadas (DeFi):

Corresponde a um termo abrangente para serviços financeiros em blockchains públicas, principalmente Ethereum

Com as DeFi, você pode fazer a maioria das coisas que os bancos fazem — obter juros, tomar e conceder empréstimos, comprar seguros, negociar derivativos e ativos —, mas de forma muito mais rápida e sem burocracias.

Por fim, é importante lembrar que, ainda que os criptoativos possam gerar altos lucros, os riscos associados a eles são igualmente altos. Você pode perder muito, e rapidamente.

Isso acontece porque o valor de mercado dos criptoativos costuma ser extremamente volátil

Sendo assim, avalie todos os riscos antes de tomar sua decisão de investimento.

Fique de olho no nosso Guia de Investimentos e aprenda mais sobre CDI, LCI e LCA, análise técnica de ações e muito mais!