Inteligência Artificial

OpenAI quer revolucionar a forma como usamos os computadores

ChatGPT agora tem vesão de aplicativo de desktop para MacOS; veja como usar

Imagem gerada por @inventormiguel usando MidJourney (MidJourney/Reprodução)

Imagem gerada por @inventormiguel usando MidJourney (MidJourney/Reprodução)

Miguel Fernandes
Miguel Fernandes

Chief Artificial Intelligence Officer da Exame

Publicado em 20 de maio de 2024 às 13h22.

Tudo sobreInteligência artificial
Saiba mais

O ChatGPT da OpenAI agora tem uma versão de aplicativo de desktop para MacOS, com uma versão para Windows prevista para ainda este ano. Esta ferramenta mantém todas as funcionalidades da versão web, mas com a conveniência de um aplicativo dedicado. A interface é rápida e amigável, permitindo acesso instantâneo à IA por meio de um atalho de teclado. Você pode chamar a barra de texto do ChatGPT pressionando "option" + "barra de espaço", independente do aplicativo que estiver usando.

Pressione "option" e "barra de espaço" para abrir o ChatGPT no MacOS desktop

Os usuários do MacOS podem usar o ChatGPT desktop baixando o aplicativo e instalando ele no diretório de Aplicativos. A partir daí, basta abrir o app e usar o atalho para interagir com a IA para diversas tarefas, como listar sinônimos, definir termos ou até conversar sobre o que você está vendo na sua tela. Esses recursos são semelhantes ao Spotlight do Mac, mas com o ChatGPT fornecendo respostas detalhadas e contextuais.

Eles ainda não liberaram no Brasil, mas você consegue baixar o programa aqui nesse link, que salvei de em um fórum de desenvolvedores da OpenAI.

Algumas dessas funcionalidades avançadas, como o novo Modo de Voz, estão sendo liberadas gradualmente, começando pelos assinantes do ChatGPT Plus. Em breve vão lançar a versão em vídeo.

Vamos conversar com o ChatGPT por vídeo, compartilhando a tela com ele em tempo real. É um verdadeiro assistente de trabalho que vai conversar comigo enquanto faço o meu trabalho sobre o trabalho que estou fazendo. Percebe o potencial disso?

Novo modo de voz está dispoível no ChatGPT Plus

O que essa novidade representa

Nos últimos anos, a tecnologia tem avançado em um ritmo tão acelerado que é raro algo realmente me surpreender. Como Chief AI Officer na EXAME e coordenador dos programas de pós-graduação em IA da Faculdade EXAME, estou sempre à frente das novidades tecnológicas, mas devo confessar: a versão desktop do ChatGPT me deixou genuinamente empolgado. Eu mal me lembrava dessa sensação.

A versão desktop do ChatGPT não é apenas uma atualização; é uma transformação na forma como interagimos com os computadores pessoais. Lembro das primeiras vezes que experimentei algo que mudou a minha forma de trabalhar e me comunicar: o encanto de usar o MS-DOS, a excitação de participar de chats no mIRC, e a realização ao criar minha primeira fórmula no Excel e minha primeira página web. Agora, essa nostalgia tecnológica foi reavivada com o ChatGPT desktop.

A praticidade é inegável, e as funcionalidades são impressionantes. Sam Altman, CEO da OpenAI, não estava exagerando quando disse que parece magia. É uma experiência quase mística ver uma máquina responder de forma tão natural e eficiente às minhas necessidades, literalmente trabalhando junto comigo, interagindo sobre o que eu estou fazendo em tempo real como se fosse um colega de trabalho.

A promessa da OpenAI com essa nova versão é clara: criar um novo Chrome, e quem sabe depois, um novo sistema operacional.

Publiquei esse vídeo no Instagram ilustrando algumas das funcionalidades já disponíveis no ChatGPT desktop:

Se você, como eu, não se lembra da última vez que instalou um programa no seu computador com tanto entusiasmo, prepare-se. O ChatGPT desktop está aqui para nos lembrar por que nos apaixonamos pela tecnologia em primeiro lugar. E, sinceramente, mal posso esperar para ver o que a OpenAI trará a seguir.

 

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialChatGPT

Mais de Inteligência Artificial

OpenAI melhora processo de recrutamento por temer espiões chineses

A inteligência artificial consegue contar boas piadas? Pesquisadores fizeram o teste

Cofundador da OpenAI anuncia lançamento de nova empresa de IA

As ações nada óbvias que podem se beneficiar pelo boom da IA

Mais na Exame