Inteligência Artificial

Gigante chinês Baidu afirma que seu robô conversacional é tão bom quanto ChatGPT

Lançado no mercado em agosto, este chatbot, cujo idioma principal é o mandarim, representou um marco da ambição da China de ser líder mundial em inteligência artificial até 2030

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 17 de outubro de 2023 às 16h18.

Última atualização em 17 de outubro de 2023 às 17h16.

O gigante chinês da tecnologia Baidu apresentou, nesta terça-feira, 17, em Pequim, uma nova versão de seu robô conversacional Ernie Bot, cujas funcionalidades são agora "tão boas" como a do concorrente americano ChatGPT, garantiu o presidente da multinacional, Robin Li.

Leia também: O que deu errado na apresentação do ChatGPT chinês

As capacidades de Ernie em termos de "compreensão, criação, lógica e memória (...) são tão boas quanto as do GPT-4", o modelo de linguagem que foi utilizado para o desenvolvimento do ChatGPT, disse Li.

Por enquanto, a nova atualização de Ernie em versão beta está disponível apenas para desenvolvedores convidados. O controle rígido de conteúdos na China impede-o, porém, de responder a quaisquer perguntas sobre temas considerados sensíveis por quem está no poder, como política, ou acontecimentos como o Massacre da Praça da Paz Celestial (Tiananmen), em 1989.

Como acontece nas famosas conferências da Apple, o fundador do Baidu subiu ao palco nesta terça-feira para colocar seu robô de IA em uma sessão de dever de casa.

Li pediu a Ernie que escrevesse o esboço de um romance de artes marciais, o que o chatbot prontamente desenvolveu diante do público, que acompanhou a escrita em tempo real através de uma tela gigante.

Acompanhe tudo sobre:ChatGPT

Mais de Inteligência Artificial

A IA no cotidiano: entre a produtividade e o riso

OpenAI melhora processo de recrutamento por temer espiões chineses

A inteligência artificial consegue contar boas piadas? Pesquisadores fizeram o teste

Cofundador da OpenAI anuncia lançamento de nova empresa de IA

Mais na Exame