Inteligência Artificial

ChatGPT experimenta queda em tráfego mensal, mas mantém base de usuários

Com mais de 100 milhões de usuários ativos mensais, o ChatGPT da OpenAI permanece entre os 20 sites mais acessados do mundo, apesar da recente queda de tráfego

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 7 de julho de 2023 às 09h27.

Última atualização em 7 de julho de 2023 às 09h31.

O ChatGPT da OpenAI, assunto frequente em discussões sobre tecnologia nos últimos meses, observou uma recente queda em métricas chave de tráfego, como visualizações de página e visitantes únicos, segundo dados do Similarweb.

O serviço de monitoramento de tráfego da web registrou, de maio a junho de 2023, uma queda de 9,7% no tráfego mundial do site do ChatGPT em desktops e smartphones. O tráfego de desktops e computadores dos Estados Unidos caiu 10,3%. Além disso, houve uma diminuição de 5,7% no número de visitantes únicos e de 8,5% no tempo gasto pelos visitantes no site.

Leia também: Estatização? JSR, de microchips, é vendida a fundo do governo do Japão por US$ 6,4 bilhões

Existem alguns fatores que podem estar contribuindo para essa queda, além de uma possível perda de interesse. Recentemente, a OpenAI lançou um aplicativo ChatGPT para iPhones e iPads, cujo tráfego não é contabilizado pelo Similarweb. Outro fator é que junho marca o início das férias escolares nos Estados Unidos, o que poderia resultar em menos estudantes buscando auxílio para tarefas e trabalhos escolares.

Apesar dos números inicialmente parecerem desfavoráveis, eles podem trazer benefícios para a OpenAI. Estima-se que a empresa gasta US$ 700 mil por dia (cerca de R$ 3,4 milhões) para manter o robô de inteligência artificial funcionando, dada a alta demanda de processamento computacional.

No entanto, são relativamente poucos usuários que pagam pelo serviço. O plano Plus do ChatGPT, que oferece prioridade de acesso por US$ 20 mensais, conta com 1,5 milhão de assinantes, apesar de a plataforma ter 100 milhões de usuários ativos mensais.

A OpenAI também gera receita através do acesso à API do ChatGPT. Neste aspecto, os números parecem promissores, com o tráfego no site para desenvolvedores registrando um aumento de 3,1% de maio a junho.

ChaGPT ainda é gigante

Apesar da queda, o uso do ChatGPT continua sendo considerável. Com 1,5 bilhões de visitas mensais, ele figura entre os 20 sites mais acessados globalmente, superando até mesmo o Bing da Microsoft, uma das principais investidoras da OpenAI.

Além disso, o ChatGPT alcançou 100 milhões de usuários ativos mensais em janeiro de 2023, apenas dois meses após seu lançamento, tornando-se o aplicativo com crescimento mais rápido na história.

Uma evidência do impacto do ChatGPT também foi observada pela Similarweb, que registrou uma queda de 14% no tráfego mensal do Stack Overflow em março. Esta plataforma é frequentemente utilizada por desenvolvedores para solucionar dúvidas sobre códigos, função que o ChatGPT também desempenha.

Acompanhe tudo sobre:ChatGPTInteligência artificial

Mais de Inteligência Artificial

Microsoft apresenta Copilot+PC e inaugura Windows com IA

Quer viajar de graça na 1ª classe? Veja o truque secreto do ChatGPT para tentar um upgrade no voo

Bill Gates quer que você leia este livro sobre inteligência artificial

OpenAI quer revolucionar a forma como usamos os computadores

Mais na Exame