Acompanhe:

Um chatbot da Air Canada causou prejuízo para um passageiro que comprou passagens de avião pelo site da linha aérea.

Após a morte de sua avó em Ontário, Canadá, Jake Moffatt entrou na página da companhia e recebeu ajuda de um chatbot. O assistente de inteligência artificial (IA) afirmou que passageiros que reservam viagens de última hora devido a tragédias têm as tarifas reduzidas.

Moffat, então, pagou uma passagem de US$ 600 e outra de valor semelhante para a volta, totalizando aproximadamente US$ 1.200. Depois, quando foi atrás do desconto, descobriu que o chatbot havia passado uma informação falsa.

Por que parece que o ChatGPT ficou mais burro?

Segundo a Air Canada, "taxas de luto" só são aceitas um dia antes do voo, e não após a viagem. A companhia aérea argumenta que o assistente virtual é uma entidade legal separada, "responsável por suas próprias ações", e que o passageiro poderia ter procurado pela política de luto disponível no site da linha aérea.

O caso chegou na Justiça e o tribunal canadense ficou do lado do passageiro. O juiz determinou que, como Moffatt pagou US$ 483 a mais do que queria, a Air Canada deverá pagar esse valor, mais US$ 93 de taxas judiciais e US$ 26,30 em juros.

“Não há razão para que o Sr. Moffatt saiba que uma seção da página da Air Canada é precisa e outra não”, escreveu o juiz na decisão, de acordo com o Washington Post.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
CRM&Bonus se junta à Microsoft para elevar uso de IA no negócio
Inteligência Artificial

CRM&Bonus se junta à Microsoft para elevar uso de IA no negócio

Há um dia

José Dias Salvador: a inteligência artificial pode democratizar os atendimentos no setor de saúde
Um conteúdo Bússola

José Dias Salvador: a inteligência artificial pode democratizar os atendimentos no setor de saúde

Há um dia

Escassez de mão de obra no agronegócio pode ter solução: inteligência artificial
Inteligência Artificial

Escassez de mão de obra no agronegócio pode ter solução: inteligência artificial

Há um dia

Direitos autorais e IA entram na mira do governo da Índia
Inteligência Artificial

Direitos autorais e IA entram na mira do governo da Índia

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais