Casual

Exposição no Masp apresenta trabalho de Cinthia Marcelle

Obras podem ser vistas até 26 de fevereiro no 2º subsolo do museu

 (iStock/Getty Images)

(iStock/Getty Images)

AB

Agência Brasil

Publicado em 14 de dezembro de 2022 às 08h57.

Última atualização em 14 de dezembro de 2022 às 08h58.

O Museu de Arte de São Paulo (Masp), localizado na Avenida Paulista, inaugura hoje (14) mostra individual da artista Cinthia Marcelle. Esta será a primeira panorâmica dedicada ao trabalho de Marcelle no Brasil e apresenta 49 obras, dez delas realizadas especialmente para esta exposição. Chamada Cinthia Marcelle: Por Via das Dúvidas, a mostra é realizada no segundo subsolo do museu e fica em cartaz até o 26 de fevereiro.

As obras selecionadas para a exibição cobrem quase duas décadas de produção da artista contemporânea e, entre elas, há trabalhos que foram produzidos em parceria com o cineasta Tiago Mata Machado e o artista sul-africano Jean Meeran. A curadoria é de Isabella Rjeille.

O trabalho de Cinthia Marcelle estuda a maneira como os objetos, as ideias e os conceitos são ordenados no mundo. Por meio de instalações, fotografias, vídeos, pinturas, colagens e desenhos, ela discute a hierarquia, as estruturas de poder e a ordem das coisas. Suas obras mostram ainda a passagem do tempo, que vai se revelando principalmente pela prática da repetição e do acúmulo.

O título da exposição, por exemplo, se refere a um trabalho da artista que consiste em desenhar um muro de tijolos com um rolo de fita crepe e uma folha de papel. A fita e o papel são da mesma cor, confundindo figura e fundo. Com o tempo, a fita envelhece e ganha tons amarelados, destacando-se sobre o papel.

Seu trabalho também é conhecido pelas figuras constantes do estudante e do trabalhador. Materiais provenientes de ambientes escolares ou da construção civil são utilizados em alguns dos trabalhos, aludindo à força de transformação social. Em um deles, por exemplo, a artista utiliza uma cadeira escolar que foi usada por estudantes secundaristas durante as ocupações das escolas públicas em 2016. Essa cadeira é equilibrada apenas por um punhado de giz, refletindo sobre o fato de os secundaristas desafiarem a ordem das coisas para alterar os rumos da educação brasileira.

Por via das dúvidas (De vermelho a vermelho) [By Means of Doubt (From Red to Red)], 2008
Fita adesiva sobre papel [Masking tape over paper], 21 × 30 cm. (Daniel Cabrel/Divulgação)

Cinthia Marcelle: por via das dúvidas integra a programação bienal do Masp dedicada às histórias brasileiras, por ocasião do bicentenário da Independência do Brasil, celebrado neste ano.

Às terças-feiras, o Masp tem entrada gratuita. Para isso, é necessário fazer um agendamento prévio. Mais informações sobre a exposição podem ser obtidas no site https://masp.org.br/exposicoes/cinthia-marcelle .

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Acompanhe tudo sobre:ExposiçõesMaspsao-paulo

Mais de Casual

Marcas de moda nacional rifam peças por R$ 50 para o RS; saiba como participar

Mercado de luxo desacelera e lucros da Burberry desabam 40% em um ano

Jeddah Tower: conheça o prédio que será o maior do mundo, na Arábia Saudita

Arquitetos indicam iniciativas para reconstrução de casas no RS

Mais na Exame