Future of Money

Vinícola premiada adota blockchain e irá comercializar vinhos tokenizados

Compradores de vinhos tokenizados ganharão, além de descontos, acesso a benefícios exclusivos como degustações e hospedagem em vinícola com prêmios internacionais

 (Agence France-Presse/AFP)

(Agence France-Presse/AFP)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 13 de maio de 2024 às 09h23.

Tudo sobreTokenização
Saiba mais

A tokenização é considerada uma tendência para o universo das finanças, mas também pode atingir o mercado de vinhos finos. A Vinícola Ferreira anunciou que irá comercializar vinhos tokenizados, com direito a descontos e benefícios exclusivos para os amantes da bebida.

Através do registro dos vinhos utilizando contratos inteligentes no blockchain, a vinícola pretende vender 11 mil garrafas de vinhos tokenizados exclusivos da safra de 2024. A plataforma de tokenização é própria da Vinícola Ferreira e está associada ao seu site.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas do BTG Pactual e a curadoria dos melhores criptoativos para você investir.

Cada token estará vinculado a um lote exclusivo de seis garrafas de vinhos finos, que estarão prontos a partir de maio de 2025. A tecnologia blockchain garante a autenticidade e proveniência. “Cada token que colocamos à venda tem lastro no mundo real. Para o cliente, a maior vantagem é poder investir nos nossos vinhos com grande perspectiva de lucro”, disse Dormovil Ferreira, fundador e CEO da vinícola.

Além do acesso antecipado e com desconto aos vinhos, o projeto ainda prevê a possibilidade futura de benefícios exclusivos aos compradores, como degustações e hospedagem no hotel da vinícola, que deve ser inaugurado no segundo semestre deste ano de acordo com um comunicado.

Vinhos premiados

A vinícola, localizada na Serra da Mantiqueira, já recebeu diversos prêmios por seus vinhos finos, que custam em média R$ 300,00 por garrafa. Desde 2020, seus rótulos conquistaram mais de 26 medalhas em concursos internacionais, como o Sommeliers Choice Awards e The Paris Wine Cup. O reconhecimento mais recente foi a medalha de ouro no Decanter World Wine Awards de Londres, uma espécie de “Oscar” dos vinhos.

“Todo ano, nossos vinhos valorizam após as maiores premiações. Se o token for comprado antes de o vinho ser premiado, o comprador certamente irá lucrar com os seis rótulos que ele escolheu ter na carteira”, explicou Ferreira.

Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas do BTG Pactual e a curadoria dos melhores criptoativos para você investir.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:TokenizaçãoBlockchainVinhos

Mais de Future of Money

Lei de Inovação Financeira e Tecnologia para o Século 21: o que é e quais os impactos?

A revolução dos ativos digitais: uma análise das recentes mudanças no mercado de criptomoedas

Gigantes de Wall Street "financiam a poluição do bitcoin", diz Greenpeace

Projeto de lei para eliminar banco central nos EUA foi inspirado no bitcoin

Mais na Exame