PayPal libera pagamentos com Bitcoin, Ethereum e Litecoin nos EUA

Novidade facilita e incentiva o uso do saldo de criptomoedas como meio de pagamento

O PayPal anunciou nesta terça-feira, 30, uma nova função que permite aos usuários dos Estados Unidos utilizarem saldo em criptomoedas para pagamentos na plataforma, em especial Bitcoin, Ethereum e Litecoin.

Com a novidade, o PayPal deve ajudar a popularizar o pagamento via criptomoeda e expandir seu mercado na direção das agências de câmbio de criptomoedas. Na última semana, a empresa anunciou ter 377 milhões de contas ativas.

O pagamento estará disponível através da função "checkout with crypto", disponível a partir de hoje. Em outubro do ano passado, a empresa já havia permitido que usuários usassem a plataforma para comprar e vender criptomoedas e em novembro, a companhia adquiriu uma quantia grande de bitcoins.

Com a função, será possível converter o saldo em criptomoeda diretamente em dólar sem a necessidade de taxas de transação. Se um lojista não aceitar dólares, o PayPal converte a quantia para moeda local. O pagamento poderá ser feito em qualquer um dos 26 milhões de lojistas cadastrados na plataforma.

Não é possível usar mais de uma criptomoeda para a mesma transação e essa opção de pagamento só estará disponível se houver saldo suficiente para completar a transação.

Além do PayPal, a Square, dona do aplicativo CashApp, já tinha serviços de compra, venda e pagamentos com bitcoin desde 2018.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também