Plataforma de NFTs da NBA tem aporte milionário de Jordan e outros famosos

Líder no mercado de NFTs, Dapper Labs arrecada US$ 305 milhões em rodada de investimentos que contou com famosos do esporte, do cinema e da música

Uma das empresas que melhor tem aproveitado a onda dos NFTs, a Dapper Labs, empresa por trás da plataforma NBA Top Shot, anunciou o aporte de 305 milhões de dólares em uma rodada de investimentos que contou com nomes como de Michael Jordan e Kevin Durant.

A rodada, liderada pelo fundo Coatue Management, que já investiu em marcas como Snapchat e Spotify, avaliou a empresa, responsável pela criação do blockchain Flow, em 2,6 bilhões de dólares, valor que mostra a força do mercado emergente dos tokens não-fungíveis.

A Dapper Labs afirma que o investimento viabilizará a expansão da companhia e permitirá a oferta de novas experiências ligadas aos esportes, games e entretenimentos na rede Flow e no mercado de NFTs: "O NBA Top Shot é uma das melhores demonstrações que já vimos do quão rápido as novas tecnologias podem mudar o panorama para a mídia e os fãs de esporte", disse o craque do Brooklyn Nets e bicampeão olímpico do basquete pelos EUA, Kevin Durant, em comunicado da sua empresa de investimentos Thirty FIve Ventures.

“Os NFTs são simples, mas revolucionários”, disse Dieter Shirely, diretor de tecnologia da Dapper Labs, em comunicado oficial. “Os NFTs permitem a propriedade real no mundo digital pela primeira vez. Os desenvolvedores também podem construir facilmente produtos que permitam aos consumidores acessar seus NFTs e identidades de diferentes produtos, o que significa menos dependência para os usuários. Em um blockchain como o Flow, os NFTs podem reconectar a internet para melhor”.

Cerca de seis meses após o seu lançamento, o NBA Top Shot é a plataforma de NFTs esportivos colecionáveis de maior sucesso do mundo, e já arrecadou mais de 500 milhões de dólares em vendas - considerando o mercado secundário da plataforma, no qual os usuários vendem os seus NFTs para outros usuários, o valor movimentado é muito maior, e já chegou a 30 milhões de dólares em apenas um dia.

A plataforma, que já conta com mais de 800 mil contas registradas, sendo 338 mil com pelo menos um NFT em sua posse, tem um acordo de licenciamento com a NBA, que recebe uma parte das receitas, mas os valores e detalhes do contrato são mantidos sob sigilo.

Agora, a Dapper Labs pretende levar o modelo para outros esportes e outros mercados. "Queremos levar a mesma mágica para outras ligas esportivas, assim como ajudar estúdios de entretenimento e criadores independentes a encontrar sua própria abordagem na exploração de plataformas abertas", disse o CEO da Dapper Labs, Roham Gharegozlou. "Os NFTs abrem um novo modelo de monetização que beneficia os fãs de forma muito superior aos patrocínios e à publicidade".

Na rodada de investimentos, vários outros nomes conhecidos da NBA, além de Jordan e Durant, fizeram aportes. A lista tem Andre Iguodala, Kyle Lowry, Spencer Dinwiddie, Andre Drummond, Alex Caruso, Michael Carter-Williams, Josh Hart, Udonis Haslem, JaVale McGee, Khris Middleton, Domantas Sabonis, Klay Thompson e Nikola Vucevic. O ex-jogador de futebol inglês David Beckham, os atores Ashton Kutcher e Will Smith e o cantor Shawn Mendes também fizeram aportes através de seus próprios fundos.

A NBA não é a única grande marca esportiva a explorar o mercado de NFTs. No futebol, a Sorare tem se destacado com uma plataforma que une colecionáveis com fantasy games e que tem parceria com alguns dos maiores clubes de futebol do mundo. MotoGp, Fórmula 1 e UFC são outras que também já estão se aventurando no universo dos tokens não-fungíveis em blockchain.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também