Acompanhe:

Diversas gestoras revelaram nesta segunda-feira, 8, o valor das taxas que cobrarão dos investidores nos seus ETFs de bitcoin, que aguardam aprovação da SEC nos Estados Unidos. A expectativa é que os pedidos sejam aprovados até a próxima quarta-feira, 10, com a estreia no mercado podendo ocorrer já no dia seguinte à liberação.

A estreia dos fundos negociados em bolsa de preço à vista da criptomoeda é aguardada há anos por investidores e tem animado o mercado. Devido ao alto interesse nesses produtos, as gestoras entraram no que Eric Balchunas, analista de ETFs da Bloomberg, classificou de "guerra de taxas", competindo para apresentar o menor valor e atrair mais investimentos.

Até o momento, a Bitwise tomou a dianteira na disputa, com uma taxa de 0,24%, sem cobrança nos primeiros seis meses. Já a Ark Invest e a 21Shares - cujo pedido de ETF de bitcoin precisa ser analisado pela SEC até 10 de janeiro - estabeleceram uma taxa de 0,25%, mas ela não será cobrada nos primeiros seis meses de operação ou até que o fundo chegue a US$ 1 bilhão em ativos.

A taxa do ETF das duas gestoras foi atualizada vinte minutos depois da divulgação da taxa da BlackRock - maior gestora do mundo -, que inicialmente tinha a vantagem em relação aos concorrentes. Documentos atualizados junto à SEC afirmam que a taxa cobrada será de 0,3%, mas ela será de 0,2% nos primeiros 12 meses ou até o fundo atingir o nível de US$ 5 bilhões.

Guerra de taxas

Balchunas afirma que a taxa definida pela BlackRock ficou "bem abaixo" do esperado e é um "potencial destruidor imediato" para qualquer outra gestora que tenha definido uma taxa muito superior. Foi o caso da própria Ark, que havia inicialmente informado uma taxa de 0,8%, mas acabou precisando reduzi-la para se manter competitiva.

Já a gestora VanEck definiu uma taxa de 0,25% para os investidores do seu ETF de bitcoin. A Fidelity, que chegou a ter a taxa mais barata por alguns minutos, com 0,39%, agora está em um nível intermediário. Balchunas observou, porém, que ela possui uma capacidade de distribuição maior que a de outras gestoras, o que pode ser uma vantagem.

A gestora Galaxy anunciou uma taxa de 0,59%, que não será cobrada nos primeiros seis meses ou até que o ETF de bitcoin chegue a US$ 5 bilhõe em ativos. Já a Wisdomtree terá uma taxa de 0,5%, enquanto a Franklin Templeton cobrará 0,29%, a Valkyrie, de 0,8% e a Hashdex, de 0,9%.

"As guerras de taxas são intensas, mas esta está em um nível completamente diferente", destacou Balchunas. Ele apontou ainda que, historicamente, as taxas temporárias no início de operações "não mudaram muita coisa" em termos de atração de investidores, que no geral focam nas taxas regulas, de longo prazo.

"Dito isto, dado que todos esses ETFs fazem a mesma coisa [investimento em bitcoin], talvez o resto seja importante, veremos", ponderou o analista. Uma das principais prejudicadas nessa corrida pode ser a Grayscale, que definiu uma taxa de 1,5% para seu ETF.

Além disso, ele destacou que as taxas estão abaixo das cobradas por corretoras de criptomoedas, o que pode obrigá-las a anunciar reduções. A Coinbase, por exemplo, cobra uma taxa entre 0,4% a 0,6% por transação.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Eduardo Paes diz que Rio de Janeiro é "amigo das criptos" e quer ser "capital da inovação"
Future of Money

Eduardo Paes diz que Rio de Janeiro é "amigo das criptos" e quer ser "capital da inovação"

Há 6 horas

'Não conheço outra alternativa ao dinheiro, além de ouro e criptomoedas', diz Ray Dalio
seloMercados

'Não conheço outra alternativa ao dinheiro, além de ouro e criptomoedas', diz Ray Dalio

Há 7 horas

Banco do Brasil está entre maiores investidores institucionais do ETF de bitcoin da BlackRock
Future of Money

Banco do Brasil está entre maiores investidores institucionais do ETF de bitcoin da BlackRock

Há 8 horas

Worldcoin, projeto de dono do ChatGPT, lança blockchain próprio
Future of Money

Worldcoin, projeto de dono do ChatGPT, lança blockchain próprio

Há 11 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais