Future of Money

CVM, BTG, Itaú e Banco Central se unem para debater criptomoedas, tokenização e Real Digital

CVM e Banco Central se unem a grandes bancos para discutir o futuro da economia nacional no maior evento de bancos da América Latina

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 24 de maio de 2023 às 14h08.

As criptomoedas trouxeram diversas inovações para o sistema financeiro tradicional, entre elas a tokenização, que é basicamente transformar em tokens bens e ativos, sejam eles físicos ou digitais. O tokenização ganhou de tal forma o sistema financeiro que ela norteia a criação do Real Digital, a CBDC do Brasil e será um dos temas principais do maior evento de bancos da América Latina.

Destaque no Febraban Tech 2023, a tokenização estará presente em diversos paineis como na trilha intitulada "A economia tokenizada já é realidade?" que irá abordar o conceito de tokens, casos de uso, regulação e o desenvolvimento do Real Digital.

Um dos painéis, intitulado "Tokenização na prática: o que muda no dia a dia", contará com a moderação de Ivo Mósca, superintendente de Relações & Inovações Regulatórias do Itaú Unibanco. Participarão do painel Coty de Monteverde, head de Crypto e Blockchain do Santander na Espanha; Fernando Granziera, head de Treasury & Trade Solutions do Citi Brasil; Fabricio Tota, fellow e diretor de Novos Negócios do Mercado Bitcoin; e Cristiano Valverde, head de Web3 da Foursys.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Outro painel relevante, intitulado "A criptoeconomia e os ativos digitais em um mercado regulado", terá Andre Portilho, sócio e head de Digital Assets do BTG Pactual; João Carlos de Andrade Uzeda Accioly, diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM); Antonio Marcos Guimarães, consultor do Departamento de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central do Brasil; e Isac Costa, sócio do escritório Warde Advogados e professor do Ibmec e do Insper.

Real Digital

Outro destaque do evento é o Real Digital, moeda digital com a qual o Banco Central do Brasil pretende colocar o país no mapa das tokenizações. A discussão em torno das moedas digitais emitidas pelos bancos centrais (CBDCs) tem ganhado cada vez mais atenção no sistema financeiro.

O Brasil está entre os países que exploram a criação de sua própria moeda digital, e o Banco Central já está testando um projeto-piloto do Real Digital, juntamente com as iniciativas de tokenização da economia.

Há uma crescente atenção do sistema financeiro em relação às moedas digitais emitidas por bancos centrais, as CBDCs, do inglês, Central Bank Digital Currency. O mapa interativo CBDC Tracker, criado pelo Atlantic Council, identifica mais de 110 países (95% do PIB global), explorando a criação das CBDCs, entre eles o Brasil. Mais da metade ainda está em fase de pesquisa ou desenvolvimento, mas 11 deles já lançaram suas moedas digitais e 15 estão em projeto-piloto.

Por aqui, a discussão tem evoluído especialmente em torno da necessidade de conciliar ampla variedade de casos de usos do Real Digital aos arranjos institucionais em vigor no país e às tecnologias disponíveis para sua implementação. O BC já está testando seu projeto-piloto do real digital, em paralelo às iniciativas de tokenização da economia.

O painel "Real digital e o Brasil no mapa das tokenizações", abordará o aprendizado com as experiências em andamento, as inovações nos serviços financeiros que podem surgir com a nova moeda e os desafios envolvidos. O painel contará com a participação de representantes do Itaú Unibanco, Santander Brasil, EY Brasil, Banco Central e Oliver Wyman Brasil.

Além dos painéis, o Febraban Tech 2023 apresentará debates sobre temas como Open Finance, Inteligência Artificial, Web3 e metaverso, Nuvem, Cibersegurança, Internet das Coisas, Fintechs, ESG (ambiental, social e de governança) e muito mais. Com mais de 100 painéis de conteúdo e a presença das empresas mais inovadoras do mundo, o evento promete trazer as principais tendências e soluções para o setor financeiro na era digital.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:Drex (Real Digital)TokenizaçãoBTG PactualCVMBanco Central

Mais de Future of Money

Por que as marcas não podem ignorar o blockchain: a transformação da interação com o consumidor

A solução para as barreiras de liquidez global nos investimentos

Investidores institucionais não acreditam em alta do bitcoin no curto prazo, aponta relatório

Dolce & Gabbana é processada nos EUA após problemas em coleção de NFTs

Mais na Exame